Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 12 Abril 2018 17:53

Alunos do Direito da USP fazem mapa ideológico

A lista, feita por integrantes do Coletivo Contraponto, com membros ligados à juventude do Partido dos Trabalhadores (PT), traz o nome do estudante e outras informações
Alunos fizeram uma lista dos calouros da instituição, separando-os por seus interesses políticos, religião e gosto musical Alunos fizeram uma lista dos calouros da instituição, separando-os por seus interesses políticos, religião e gosto musical Reprodução/Twitter
Por Estadão Conteúdo

Integrantes do Centro Acadêmico 11 de Agosto, da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), no Largo de São Francisco, fizeram uma lista dos calouros da instituição, separando-os por seus interesses políticos, gostos musicais e até religião, destaca o jornal “O Estado de S. Paulo”. O documento interno, uma planilha no Google, vazou e causou repúdio dentro da faculdade. 

Os dados, obtidos a partir das “curtidas” que cada estudante tem em seu Facebook, seriam usados para mapear novos alunos com interesses políticos semelhantes ao do grupo que hoje ocupa o Centro Acadêmico e, assim, trazê-los para a organização. 

A lista, feita por integrantes do Coletivo Contraponto, com membros ligados à juventude do Partido dos Trabalhadores (PT), traz o nome do estudante e outras informações.

Entre as características apontadas estavam “velhão”, “progressista”, “judeu”, “crente”, “bolsominion” (apoiador do candidato Jair Bolsonaro), “maconheiro de esquerda”, “ideologia desconhecida, “judia”, “liberal de merda” e até “não tem Facebook, maluca total”. Quando a lista vazou em um grupo dos estudantes, diversos alunos manifestaram repúdio nas redes sociais.

Em nota divulgada publicamente, o Coletivo Contraponto pediu “as mais sinceras desculpas” a todos e todas que se sentiram ofendidos com as descrições colocadas na tabela. “Entendemos o constrangimento de ter uma descrição associada ao seu nome em uma tabela a que nem mesmo se tem acesso, bem como repudiamos a presença de termos ofensivos no nosso mapa, e por isso reiteramos, mais uma vez, nossas mais sinceras desculpas”, diz o texto do grupo. 

O coletivo reconheceu que os comentários “despolitizados”, feitos por eles, “são de extrema gravidade por reforçar estereótipos e preconceitos, sendo uma postura inaceitável para um grupo político de esquerda”.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado