últimas notícias
A faixa foi pendurada após muitas pessoas gritarem e manifestarem contra o morador durante o fim de semana
A faixa foi pendurada após muitas pessoas gritarem e manifestarem contra o morador durante o fim de semana
Foto: Reprodução/EPTV

Administração do condomínio onde motoboy sofreu ofensas pendura faixa de repúdio

Caso de racismo ocorreu no dia 31 de julho, mas veio à tona na última sexta-feira (7)

A administração do condomínio de casas em Valinhos, no interior de São Paulo, onde um motoboy foi humilhado por um morador pendurou uma faixa ao lado da portaria para esclarecer que não compactua com a atitude do morador.

O caso de racismo ocorreu no dia 31 de julho, mas veio à tona na última sexta-feira (7). "O condomínio Vila Bela Vista vem a público repudiar o ato de discriminação ocorrido em sua área comum. Neste ato, informamos que o corpo diretivo e seus moradores não compactuam com a atitude do cidadão em questão", diz a faixa.

A faixa foi pendurada após muitas pessoas gritarem e manifestarem contra o morador durante o fim de semana. Além disso, motoboys também fizeram uma manifestação pacífica em frente ao condomínio.

Defesa

O pai do agressor afirmou que o filho sofre de esquizofrenia. Na delegacia, o pai afirmou que "Mateus [o agressor] recebeu educação para tratar com respeito o próximo, independente de classe social, credo ou raça. Valores que lhe foram furtados pela esquizofrenia".

A família pediu desculpas ao entregador e todos que foram ofendidos com o episódio.

Comentários

Tops da Gazeta