últimas notícias
Anúncio foi feito pelo presidente russo, Vladimir Putin
Anúncio foi feito pelo presidente russo, Vladimir Putin
Foto: Kremlin/Fotos Públicas

Rússia registra primeira vacina contra a Covid-19

Anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (11); Rússia é o primeiro país a registrar uma vacina contra a doença

Nesta terça-feira (11), o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou que a Rússia registrou uma vacina contra a Covid-19. A Rússia é o primeiro país do mundo a registrar um imunizante contra a doença. 

"Esta manhã uma vacina contra o novo coronavírus foi registrada pela primeira vez no mundo", disse Putin em reunião com o Gabinete de Ministros.

Em um site da Organização Mundial de Saúde (OMS) com os estágios das vacinas pelo mundo, consta que a pesquisa russa do Instituto Gamelaya está na fase 1 do processo e para ser aprovada, uma vacina deve passar por todas as fases de testes. A última atualização foi feita em 31 de julho.

De acordo com a agência de notícias Reuters, a vacina será intitulada Sputnik V, uma alusão à corrida espacial da Guerra Fria entre União Soviética e Estados Unidos. 

Testes

A Rússia não divulgou nenhum dado científico ou estudo sobre os testes realizados com a vacina. No entanto, segundo o presidente Putin, a vacina russa é "eficaz", passou em todos os testes necessários e tem uma "imunidade estável" contra a Covid-19. Uma das filhas do presidente russo tomou a vacina, segundo agências internacionais.

Distribuição no Brasil

O governo do Paraná anunciou que estudava uma parceria com Rússia no dia 24 de julho. De acordo com o anúncio, o chefe da Casa Civil do Paraná, Guto Silva, se reuniu com o baixador russo no Brasil, Sergey Akopov. 

“Tivemos a aprovação do embaixador e agora os protocolos do acordo serão preparados pelas equipes do Paraná e da Rússia. Em seguida será agendada uma reunião dele com o governador Carlos Massa Ratinho Junior para a finalização dessa parceria, que pode incluir, ainda, a produção de medicamentos para a doença”, disse o chefe da Casa.

Comentários

Tops da Gazeta