Publicidade

X

Turismo

Caraguá investe no maior projeto turístico: o Mirante do Camaroeiro

O complexo é considerado, até o momento, o maior de todo o Litoral Norte e tem capacidade para receber inúmeras instalações Por Patrícia Rosseto Do Litoral Norte

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 29/09/2018 às 22:30

Atualizado em 08/09/2021 às 10:38

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A prefeitura de Caraguatatuba investe forte em espaço para entretenimento para turistas e população contando com um espaço inovador e se pode dizer até luxuoso quando se olha o projeto, a projeção futura e o que tem a oferecer. Sem falar na paisagem.

Na última quarta-feira, a prefeitura levou jornalistas para conhecer o espaço e planos para o Complexo que ali se desenha a largos passos.

O local, no morro acima de onde o Prefeito Aguilar Jr (MDB) já investiu nos mirantes e no Pôr do Som, local que já existiu e já era frequentado, mas ganhou belos e seguros mirantes e um local para shows de pôr de sol.

Nesta parte do Complexo Turístico do Camaroeiro, com 60 metros de altura, haverá nesta primeira etapa um Teatro de Arena com vista para o mar, orla e toda a cidade, para em torno de 350 pessoas, o que equivale a mais da metade da capacidade do Teatro Mário Covas, do município, que é uma grande estrutura para cerca de 600 pessoas. Para manter a acústica sem perder a visão haverá um vidro ovalado e também instalação elétrica através de tubulações que já estão sendo realizadas.

Assim uma estrada suave para a subida e estacionamento para 180 a 200 vagas para carros e ônibus. O local também uma área administrativa, banheiros, espaço para três restaurantes, um centro de exposições, um funicular para ligar ao Morro da Prainha e um bondinho para ligar a Martin de Sá. O Complexo se localiza entre o Centro e a Praia Martin de Sá. Com dois acessos, para quem vai de veículos, pelo bairro Prainha ou pelo centro de Caraguá. Através de trilha, pelo Morro da Prainha, ali na famosa Pedra do Jacaré, ou por uma escadaria a ser construída no projeto para quem gosta de aventura e esporte.

No Morro da Prainha será mantido o Farol em desuso da Marinha, que será restaurado e outro será construído como mirante, com altura de 20 metros, sendo que o morro já tem cerca de 50 metros de altura. “Este farol também servirá como Centro de Exposições”, acrescentou o secretário. Borello ainda acrescenta que aprovado pelo a ação foi aprovada pela Marinha do Brasil e pelo Conselho Municipal de Turismo (Contur). A visão de 70 metros de altura será de 360° e será a Central de recebimento do bondinho que percorre 500 metros até chegar da maior parte do Complexo”, explica.

O morro, de acordo com o secretário de Obras Públicas Leandro Borella Barbosa, a previsão de entrega é dezembro, eles estão otimistas, mas dependem diretamente do clima. “Esta é época de chuvas e prejudica o andamento das obras, principalmente a terraplanagem”, informa.

Malu Baracat, secretária de Comunicação aponta que também é um investimento com olhos nos navios cruzeiros. “A cidade preza pelo receptivo de qualidade e também investir para a vinda de navios, ainda transporte marítmo entre as cidades, como Ilhabela e Caraguá, por exemplo. Que serve também para muitos cidadãos de lá que vem para cá para hospitais, o AME. Fazer uma ponte ligando o platô ao estacionamento”.

A secretária Malu acrescentou que três empresas trabalham ao mesmo tempo neste projeto. “Uma empresa se dedica a terraplanagem, enquanto outra para a contenção das encostas e ainda outra da construção do Teatro de Arena. E, em breve, para a instalação está prevista a parceria público privada para a instalação de alguns empreendimentos, como restaurantes, através de concorrências e com tempo determinado”, pontua Malu.

O secretário explica que as verbas para o projeto que é o maior das quatro cidades que formam o litoral norte paulista passam por 4 etapas e tem outros planejamentos ainda, como lojas de artesanatos, entre outros e advém de verbas do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias). “Estamos na 1ª fase do projeto e eu vejo, neste espaço que tem o Complexo que em 30 anos há possibilidades de ter gente criando espaços aqui, basta ter a intenção de dar continuidade ao empreendimento. O Mirante do Camaroeiro tem 18 mil m² de extensão”, finaliza.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nova versão

Chevrolet S10: conheça o novo modelo que já está em pré-venda

Nova versão da picape média começará a ser exibida publicamente em feiras agropecuárias

SOLIDARIEDADE

Organização Médicos Sem Fronteiras realiza leilão beneficente em SP

Peças leiloadas são miniaturas da Art Of Love 2021 e valor arrecadado será revertido em doações para os Médicos Sem Fronteiras

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter