Publicidade

X

Esportes

Presidente do Barcelona diz que Messi encerrará a carreira no clube

Em entrevista ao jornal The Times, Josep Maria Bartomeu afirmou que o argentino continuará na equipe até sua aposentadoria Por Folhapress De São Paulo

dothCom Consultoria Digital

Publicado em 02/10/2018 às 02:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Se depender da diretoria do Barcelona, Lionel Messi terminará a carreira tendo atuando apenas por um clube. Em entrevista ao jornal The Times, o presidente Josep Maria Bartomeu afirmou que o argentino continuará na equipe até sua aposentadoria e que a ideia é reforçar ainda mais o time para auxiliar o craque, que tem contrato até 2021.

"Acho que vamos tê-lo por mais tempo do que isso (término do contrato). Ele não quer sair. Sempre falamos para ele que ele pode ser o jogador de um clube só. Esse é o projeto dele também. Nosso projeto é não só não vender nossos melhores jogadores, pelo contrário, trazer novos jogadores com talento, para ter mais sucesso, ser mais global e trazer mais felicidade aos nossos fãs. Isso é o que estamos fazendo", afirmou.

Na entrevista, Bartomeu também falou sobre Pep Guardiola. O técnico do Manchester City disse recentemente que pretende voltar a treinar em La Masia, categorias de base do Barcelona, para "terminar o que começou".

"Ele sabe que as portas estão sempre abertas para ele. Mesmo quando ele disse que sairia em 2012, sugerimos que ele poderia cuidar de La Masia. Ele preferiu um ano sabático. Ninguém disse a ele para deixar o Barcelona. Ele poderia voltar no futuro. Ele sabe disso. Por que não?", prosseguiu.

Guardiola assumiu a equipe principal do Barcelona em 2008 e conquistou quatro Campeonatos Espanhóis, duas Ligas dos Campeões e dois Mundiais de Clubes. Em 2012, ele decidiu deixar o clube para tirar um ano sabático.

"Ele disse que estava saindo porque estava exausto e precisava de um descanso. Isso é algo que pode acontecer com qualquer um de nós, especialmente quando você trabalha duro sob muita pressão e assume tanta responsabilidade no trabalho. Falamos com ele diversas vezes. Demos várias sugestões a ele, mas ele insistiu".

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

LOTERIAS

Lotomania, concurso 2.608: prêmio acumulou e vai a R$ 2 milhões

A aposta é unica e custa R$ 3 e pode ser realizada também pela internet, até as 19h

OUTONO

Fim de semana em São Paulo será marcado por pancadas de chuva

No fim de semana a Capital terá dias quentes mas com pancadas de chuva; máxima de 28°C e mínima de 19°C

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter