últimas notícias

Foto: reprodução/instagram

Empoderada

O jornalista Pedro Bial foi rebatido pela humorista Gessica Kayane, a GKay, em seu programa exibido na noite desta terça-feira. O apresentador pediu à cantora Luisa Sonza, que é casada com o youtuber Whindersson Nunes, que ajudasse GKay a arranjar um namorado. "Você podia ajudar a GKay, ela não tem namorado, ela não consegue arrumar", sugeriu o apresentador. "Até você, Bial?", surpreendeu-se a humorista. "Estou querendo te ajudar", respondeu. "Não pedi essa sua ajuda, sou uma mulher empoderada, não preciso de homens", disparou ela, sendo ovacionada pela plateia. "Eu não preciso de homem, fico encalhada mesmo", ironizou o apresentador. "Se eu quiser um homem, vou atrás dele, depois descarto, ou não descarto", retrucou Gkay.

Luto. Rafa Brites usou seu Instagram na noite de terça-feira para lamentar a morte de seu novo gatinho de estimação. Gigante, como era chamado, foi encontrado pela apresentadora em um bueiro e estava internado desde então. "Infelizmente, o meu querido Gigante não resistiu. Mas partiu com todos os cuidados, quentinho, medicado com carinho na cabeça e eu ansiosamente esperando por ele", disse. Horas antes, Rafa tinha usado o mesmo post para contar como o gato foi achado por ela e que estava esperando ele se recuperar. "Não eu não sou uma pessoa de gatos. Mas esse é meu gato, o Gigante, e se for a vontade de Deus e ele resistir esses dias de internação (ele não está se mexendo, eu e o Rodrigo Vinhas o tiramos de dentro de um bueiro), ele viverá com a nossa família", contou. Ela ainda citou o marido, Felipe Andreoli, que topou ter um gato em casa. "A verdade é que ele nunca gostou de gatos e hoje quando eu liguei e disse: 'vou cuidar dele, depois achamos alguém para adotar', ele respondeu: 'amor, esquece, ele já é nosso!'", recordou.

Representante. A cantora Pabllo Vittar, 24, se apresentou na terça-feira na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York (Estados Unidos). O pocket show contou com grandes hits da carreira de Pabllo, passando pelas dançantes "Corpo Sensual" e "Disk Me" e chegando na balada "Indestrutível". Pabllo foi a primeira artista a fazer um show ao vivo neste evento. Para ela, este fato é muito especial, mas o mais importante é levar debates e reflexões para lugares tão importantes. "Ter participado do evento da ONU ontem foi muito especial. Fui a primeira artista a performar ao vivo e fiquei feliz demais. Quando digo feliz não é só por estar lá, mas também pela chance de levar debates, reflexões, assuntos a novos públicos, novas culturas. Isso vale demais." (FP)

Tops da Gazeta