últimas notícias

Como cuidar dos pets com a chegada do verão

O verão começa no dia 22 de dezembro e a estação mais quente do ano exige cuidados extras com os animais de estimação. Isso porque a combinação de umidade e calor excessivo pode trazer problemas de saúde para os pets.

Dentre as doenças mais comuns está a dermatite atópica, que pode causar grande desconforto ao animal. "Cães jovens com até dois anos de idade são os que mais sofrem com dermatite atópica, que gera coceira, vermelhidão e lesões cutâneas", explica o veterinário Carlos Pigo, da PigoVet Clínica. Por ser uma doença de caráter genético, não há como preveni-la, mas vale ficar de olho no seu animal e correr para o veterinário, caso note algo diferente.

Outra situação muito comum no verão é a queimadura dos coxins, aquela "almofadinha das patas". Apesar de resistente, queimaduras no local são frequentes, sobretudo quando o asfalto está muito quente. Portanto, prefira passear com o cão no início da manhã ou à noite, dê preferência a locais com grama e sinta a temperatura com o seu próprio pé, se não estiver bom para você, também não estará para os bichinhos.

Na hora de passear, não se esqueça da hidratação. É importante oferecer água limpa e fresca para que o pet se refresque e recupere o líquido perdido no trajeto. "Os cachorros não têm glândulas sudoríparas e transpiram através da salivação e patas. A temperatura deles demora mais tempo para diminuir, por isso é fundamental estar atento para que a caminhada não se torne um motivo de preocupação", finaliza a veterinária Wendi Caetano, do CEVET - Hospital Veterinário. (Gladys Magalhães)

Tops da Gazeta