últimas notícias
Piometra Espaço Pet
Piometra Espaço Pet
Foto: Johnny Duarte

Piometra: infecção uterina em cães

Piometra é uma infecção uterina que ocorre na fase posterior ao cio da cadela, causada por uma contaminação bacteriana associada a uma disfunção hormonal

A piometra é uma infecção uterina que ocorre na fase posterior ao cio da cadela, causada por uma contaminação bacteriana associada a uma disfunção hormonal, aumento da progesterona, ocorrendo uma hiperplasia do endométrio. Comum em fêmeas acima de 5 anos pode ser letal. Patologia de alto risco, propiciando a insuficiência renal e sepse (infecção generalizada). É importante realizar o diagnóstico de maneira precoce e eficiente. O diagnóstico é feito através de imagem pelo ultrassom, aumento dos leucócitos e anemia no hemograma, e pelos achados clínicos. O lactato é utilizado como fator prognóstico para os animais gravemente afetados pela sepse, aumentando as chances de sobrevida.

Há cistos foliculares nos ovários que produzem hormônios que podem causar diversas alterações clínicas no animal e interferir na fertilidade, podendo também levar ao quadro de

piometra.

O uso de contraceptivo (anticoncepcional) em doses indevidas e frequentes é um fator desencadeante da piometra, principalmente em cadelas jovens, portanto é contraindicado.

Como tratamento a retirada cirúrgica do útero e ovários está indicada, mas trata-se de cirurgia de alto risco. A Virbac oferece ao mercado um produto extremamente eficaz para a piometra, o Alizin®, que contém uma substância antiprogestativa, que com apenas 4 aplicações a piometra é normalmente erradicada, deixando o útero em condições gestacionais. É o caso da cadela Cane Corso, do criador Robinson Romão que após o tratamento com Alizin, ciclou normalmente e foi coberta com prenhes positiva e pariu 9 filhotes saudáveis.

O Alizin pode também ser usado para tratar a piometra e preparar a cadela para uma castração futura em condições normais, com menor

risco de vida.

 

Tops da Gazeta