X

Ex-maridos péssimos

Susana Vieira diz que seus ex-maridos 'foram péssimos' e deram 'muito problema'

A atriz comentou sua vida pessoal em entrevista ao programa "Casa Feliz", da emissora portuguesa SIC, e revelou que seus casamentos passados não a agradaram

FOLHAPRESS

Publicado em 18/05/2022 às 11:50

Atualizado em 18/05/2022 às 11:52

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Suzana Vieira / Reprodução/Instagram

A atriz Susana Vieira, 79, comentou sua vida pessoal em entrevista ao programa "Casa Feliz", da emissora portuguesa SIC, e revelou que seus casamentos passados não a agradaram. Sem citar nomes, ela afirmou que seus ex-maridos foram "péssimos".

"Vou dizer tudo, mas sem dizer nomes. Tenho medo de ser censurada ou processada. Mas não vou falar coisas horrorosas. Nomes de maridos eu não falo, mas foram péssimos, quase todos. Foi uma coisa...Cinco!", começou.

"Eu não sei se é o homem brasileiro, não sei se fui eu. Não sei se eles vieram atrás da Susana Vieira achando que eu estou com o cofre cheio. Só sei que foi muito problema que eu tive. Não fiquei traumatizada com nada. Eu mando embora, mas leva tempo porque é difícil botar homem para fora de casa", completou a atriz.

Ela ainda revelou que já beijou muito em seus anos de televisão. A artista também elegeu Tony Ramos e José Wilker como seus melhores pares, e ainda disse que gostaria de encontrar um namorado português. "A TV era mais ousada e hoje a gente faz tudo pisando em ovos", pontuou.

Susana foi casada com o diretor Régis Cardoso de 1961 a 1972, e teve seu único filho, Rodrigo, no casamento. Cardoso faleceu em 2005. Ela também foi casada com o empresário Carso Gardeazabal, de 1986 a 2003, com o ex-policial Marcelo Silva de 2006 a 2008, quando ele morreu por overdose, e com o mágico Sandro Pedroso.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Pai é preso acusado de abusar de filha internada em UTI no ABC paulista

Câmeras escondidas flagraram o crime; vítima permanece em hospital

Feminicídio

Corpo de atendente executada dentro de loja é sepultado; suspeito segue foragido

Corpo de Aline Aparecida de Moura, de 34 anos, foi sepultado nesta quinta-feira (13), em Sorocaba; principal suspeito do crime, ex-namorado da vítima, está foragido

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter