últimas notícias

Maduro expulsa embaixador da Alemanha

O governo venezuelano declarou o embaixador alemão, Martin Kriener, "persona non grata" nesta quarta-feira, e deu 48 horas para que ele deixe o país. Kriener recebeu Juan Guaidó no aeroporto na segunda-feira (4), quando o líder opositor voltou ao país após um tour pela América do Sul.

Em comunicado, o governo chefiado pelo ditador Nicolás Maduro diz que sua decisão se deve a "recorrentes atos de ingerência nos assuntos internos do país" pelo diplomata, que "em desacato compareceu ao aeroporto internacional de Maiquetía para testemunhar a chegada do deputado Juan Guaidó".

"A Venezuela considera inaceitável que um diplomata estrangeiro assuma, em seu território, uma atuação pública próxima à de um líder político alinhado com a agenda conspiratória de setores extremistas da oposição venezuelana", disse o governo.
(FP)

Tops da Gazeta