últimas notícias
As buscas foram retomadas na manhã de ontem  e os bombeiros de Ciudad Acuña trabalham em parceria com autoridades americanas
As buscas foram retomadas na manhã de ontem e os bombeiros de Ciudad Acuña trabalham em parceria com autoridades americanas
Foto: AP PHOTO/ASSOCIATED PRESS

Criança brasileira desaparece em rio entre EUA e México

Uma criança brasileira de dois anos desapareceu esta semana no rio Grande, na fronteira dos Estados Unidos com o México, quando a mãe - uma cidadã haitiana - tentava entrar ilegalmente no território americano, informou a Agência Alfandegária e de Proteção de Fronteira dos EUA (CBP, na sigla em inglês).

A mulher, cujo nome não foi revelado, foi presa pelas autoridades americanas em Del Rio, no Texas, na segunda-feira, dia 1º, assim que cruzou a fronteira. No momento em que foi detida, ela informou às autoridades que tinha perdido sua bebê durante a travessia.

Em comunicado, a CBP informou que agentes de Del Rio iniciaram na própria segunda-feira uma operação de busca pela criança, auxiliados por agentes mexicanos de Ciudad Acuña, no Estado de Coahuila. "Sempre que uma criança se perde é um evento trágico", afirmou o chefe de patrulha de Del Rio, Raul Ortiz. "Não posso nem imaginar a angústia que os pais desta criança devem estar sentindo e espero que nossos esforços de busca sejam coroados com um resultado positivo."

À reportagem, o Corpo de Bombeiros de Ciudad Acuña afirmou que um grupo de dez imigrantes haitianos tentava cruzar o rio Grande quando a criança desapareceu. Como a correnteza do rio é muito forte, a bebê teria soltado a mão da mãe e sido levada pelas águas. As buscas foram retomadas na manhã desta quarta-feira, e os bombeiros de Ciudad Acuña trabalham em parceria com autoridades americanas. Os trabalhos para tentar localizar a criança, que envolvem botes, equipes de mergulhadores e veículos remotos submergíveis devem, continuar ao longo do dia.

O desaparecimento da bebê ocorre pouco mais de uma semana depois de outro caso trágico na fronteira entre os dois países. Em 23 de junho, dois salvadorenhos, Óscar Martínez, de 25 anos, e sua filha Valeria, de apenas 23 meses, também desapareceram no rio Grande durante a tentativa de entrar ilegalmente no território americano.(EC)

Tops da Gazeta