últimas notícias
O Sexlog registrou crescimento de 40% no número de novos assinantes.
O Sexlog registrou crescimento de 40% no número de novos assinantes.
Foto: Divulgação

O estagiário conhece: rede social brasileira de sexo e swing registra 40% de crescimento em 2020

De acordo com o CEO do Sexlog, Leandro Kitamura, o crescimento de cadastros e usuários assinantes foi impulsionado por mudanças de comportamento gerados pela pandemia

Se o distanciamento social afastou o contato físico das pessoas em 2020, o Sexlog trabalhou para que as relações sexuais não esfriassem em momento algum. A rede social, voltada ao público liberal atingiu a marca de 14 milhões de cadastros no último ano, registrando um faturamento 25% maior que em 2019.

De acordo com o CEO do Sexlog, Leandro Kitamura, o crescimento de cadastros e usuários assinantes foi impulsionado por mudanças de comportamento gerados pela pandemia e pela agilidade da empresa ao se adaptar à nova realidade, criando e implementando novas funções à plataforma.

"Ao longo dos últimos meses, assim como para várias outras empresas, nos deparamos com um cenário de muita incerteza. Ao invés de congelar e aguardar, decidimos agir: reformulamos toda nossa estratégia, testamos e implementamos novas ferramentas e, mesmo sob muita instabilidade, consolidamos o Sexlog como um canal de entretenimento para a nossa comunidade. O resultado foi maior tempo de permanência no site, aumento recorde no número de assinantes e impacto positivo no faturamento final." destaca Kitamura.

O Sexlog registrou crescimento de 40% no número de novos assinantes, ultrapassando a marca de 100 mil pessoas que pagam para ter acesso ao conteúdo mais exclusivo.

Inovação para sexo virtual impulsionou o negócio

A busca pela inovação se traduz, também, pelo aprimoramento de Inteligências Artificiais que buscam inibir os cadastros de pessoas mal intencionadas, ou até mesmo registros duplicados.

Segundo Kitamura, o Sexlog buscou ser um aliado das pessoas neste período em que as relações físicas ficaram mais frias, buscando esquentar a vida de quem estava em casa. "Enquanto a vacina não é distribuída para todos, voltamos nosso foco em oferecer uma opção segura de interação e diversão virtual".

Um movimento que também refletiu nos conteúdos postados na plataforma foram as transmissões ao vivo, registrando a impressionante marca de 1 milhão de lives em 2020, o dobro de lives realizadas no ano anterior.

“Liberamos recursos exclusivos de assinantes para toda a base, como vídeos e livecams. Foi necessário muito investimento para atender a demanda tanto de conteúdo produzido e publicado pela rede, quanto de novos acessos ao site”, diz Kitamura.

Outro dado interessante a ser destacado é que estes números começaram a subir muito em Março, quando as medidas de restrição de circulação de pessoas foram intensificadas. No entanto, foi durante os meses de Maio e Julho que ocorreram os picos de acessos, período em que foram feitos ajustes na plataforma, pensando em oferecer novas experiências à comunidade.

Perspectivas para 2021

Mesmo que 2020 tenha sido um ano de crescimento para o Sexlog, a expectativa é que os números sejam ainda maiores em 2021. "Tão logo seja iniciada a vacinação em território nacional, acreditamos que o desejo pela interação real aumentará, o que tornará ainda mais indispensável o uso da plataforma, já que a nossa proposta principal sempre foi a de promover conexões e o encontro ao vivo", acrescenta Kitamura.

Além disso, todo o processo de adequação à LGPD (Lei de Proteção dos Dados) e privacidade serão o diferencial, visto que a rede social já se adequou às novas exigências, garantindo a privacidade e os direitos dos usuários do Sexlog.

Os números do Sexlog em 2020

- Faturamento 25% maior que em relação ao ano anterior;

- Cadastros em 2020 - 2.292.553;

- Assinantes em 2020 - mais de 100K, 40% de aumento;

- 1 milhão de lives em 2020;

- 64% dos usuários são homens, 24% casais ele/ela e 9,5% de mulheres. Em 2020 foi o ano que mais mulheres se cadastraram na história da plataforma;

- 8 mil novas fotos em média postadas todos os dias (pico de 9.500 fotos novas por dia em dezembro);

- 520 novos vídeos publicados todos os dias (pico de média maior em dezembro, com 670 novos vídeos por dia);

- Aumento de 16,86% no tempo de sessão de cada usuário;

- Aumento de 23% em volume de acessos ao Sexlog em relação ao mesmo período no ano anterior;

- Empresa com cerca de 70 funcionários, sendo 10 novos contratados em 2020 e outras 12 vagas ainda em processo de seleção, com trabalho 100% remoto.

Sobre o Sexlog

O Sexlog.com é a maior rede social de sexo e swing do Brasil, com mais de 14 milhões de usuários cadastrados. São milhares de fotos e vídeos reais publicados por dia, todos com conteúdo amador. Trocas de mensagens, convites para encontros e divulgação de eventos também fazem parte da rede, que visa proporcionar prazer para pessoas solteiras e casadas que buscam novidades na cama.

Comentários

Tops da Gazeta