últimas notícias

Acervo

Parte da mídia tenta me desconstruir, diz Bolsonaro após denúncias

No início desta semana, o jornal Folha de S.Paulo revelou detalhes da disputa entre Bolsonaro e sua ex-mulher pela guarda do filho do casal, Jair Renan Por Folhapress De São Paulo

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) usou as redes sociais nesta sexta-feira (28) para criticar o trabalho da imprensa.

"Estamos na reta final para as eleições. Mais uma vez parte da mídia de sempre lança seus últimos ataques na vã tentativa de me desconstruir. O sistema agoniza, vamos vencê-lo", disse o capitão reformado.

No início desta semana, o jornal Folha de S.Paulo revelou detalhes da disputa entre Bolsonaro e sua ex-mulher, Ana Cristina Siqueira Valle, pela guarda do filho do casal, Jair Renan. Em 2009, ela afirmou, segundo documentos obtidos no Itamaraty, ter fugido para a Noruega por sofrer ameaças de morte de Bolsonaro.

Já nesta quinta (27), a revista Veja revelou que a separação litigiosa de Bolsonaro e de Ana Cristina incluiu acusações de furto de cofre, ocultação de bens e relatos de "comportamento explosivo" e "desmedida agressividade" do presidenciável.

VOLTA À ATIVA

Bolsonaro também usou as redes sociais nesta sexta para postar uma foto enquanto fazia a barba, no banheiro do hospital Albert Einstein, onde permanece internado. "Me preparando para voltar à ativa", diz a legenda.

O candidato sairia do hospital nesta sexta e já tinha passagem comprada para o Rio de Janeiro, onde ficaria em repouso em sua residência, mas teve alta adiada por causa de uma leve infecção bacteriana identificada após a retirada do catéter.

Segundo o hospital, a infecção está sendo controlada e há previsão de alta ainda neste final de semana. O presidenciável teve um episódio isolado de febre, com 37,8 ºC, e recebe tratamentos com antibióticos.

Bolsonaro está hospitalizado desde 6 de setembro, quando recebeu uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG).

Tops da Gazeta