últimas notícias

Acervo

Fundão da vergonha

O Guri do Planalto informa tudo que acontece Direto de Brasília Da Reportagem

A Comissão mista de orçamento autorizou que o fundo eleitoral chegue até R$ 3,8 bilhões em 2020. É o dinheiro público que poderia ir para saúde, educação e segurança pública indo para financiamento de campanhas. Que vergonha! Alguns parlamentares já apresentaram projetos que acabam com o fundão eleitoral, como por exemplo os senadores Major Olimpio e Marcio Bittar e o Deputado Federal Kim Kataguiri. O montante é 120% maior do que os recursos públicos usados nas eleições de 2018, quando os partidos receberam R$ 1,7 bilhão da União.

Esse valor estratosférico ainda será submetido a votação no relatório final da CMO e depois seguirá para plenário, no próximo dia 17.

Aniversário.
O deputado Alexandre Frota levou um bolo para a CPMI das Fake News para ironizar o aniversário de 1 ano do caso Queiroz, e nada de solução até o momento.

Acabou a graça.
O Deputado Federal Tiririca está sendo investigado pelo Ministério Público por usar dinheiro público para visitar familiares no Ceará. O seu principal slogan durante as campanhas sempre foi “pior que tá não fica”.

Cassino.
O Presidente da Embratur, Gilson Machado, passou a defender a legalização e regulamentação de Cassinos no Brasil e conversa quase diariamente com deputados buscando apoio para este projeto. A bancada evangélica, uma das mais fortes da Câmara do Deputados, já se manifestou totalmente contrária a qualquer tipo de legalização dos jogos.

Aham. Sei.
O senador Flávio Bolsonaro disse que cometeu um “engano” e, por “desatenção”, votou a favor para o aumento do fundo eleitoral para as eleições de 2020. Engana que eu gosto.

Força.
Foi lançada no Congresso Nacional, a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Prisão em Segunda Instância, que deve traçar estratégias para aprovar propostas que permitam o cumprimento imediato da pena por condenados em 2ª instância.

"Ninguém está acima da Lei, é preciso investigar os atos dos ministros do STF"
O senador Major Olimpio sobre o pedido de abertura do processo de impeachment que apresentou, na quarta-feira (4), contra Dias Toffoli, ministro e atual presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

"Não sei se procede, mas, se for verdade, é um absurdo!"
A deputada Janaina Paschoal sobre a decisão da Anvisa de autorizar o uso da Cannabis medicinal no Brasil. Ela disse que teria recebido a informação de que a Anvisa estaria votando para liberar plantação de maconha no Brasil.

Tops da Gazeta