X

Auxílio Gás

Auxílio Gás volta a ser pago em fevereiro; confira o calendário

O programa vai continuar pagando 100% do valor médio do botijão de gás de 13 kg calculado pelo levantamento da ANP

FOLHAPRESS

Publicado em 02/02/2023 às 12:52

Atualizado em 02/02/2023 às 12:59

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A data de pagamento do Auxílio Gás varia de acordo com o NIS / Divulgação/ANP

O Auxílio Gás voltará a ser depositado em fevereiro. O programa vai continuar pagando 100% do valor médio do botijão de gás de 13 kg calculado pelo levantamento da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

O governo ainda não anunciou o valor deste mês, mas em dezembro o Auxílio Gás foi de R$ 112.

A data de pagamento varia de acordo com o NIS (Número de Identificação Social), e segue o mesmo calendário do Bolsa Família (antigo Auxílio Brasil). 

Confira o calendário de pagamento:

NIS terminado em 1

13 de fevereiro
14 de abril
19 de junho
18 de agosto
18 de outubro
11 de dezembro

NIS terminado em 2

14 de fevereiro
17 de abril
20 de junho
21 de agosto
19 de outubro
12 de dezembro

NIS terminado em 3

15 de fevereiro
18 de abril
21 de junho
22 de agosto
20 de outubro
13 de dezembro

NIS terminado em 4

16 de fevereiro
19 de abril
22 de junho
23 de agosto
23 de outubro
14 de dezembro

NIS terminado em 5

17 de fevereiro
20 de abril
23 de junho
24 de agosto
24 de outubro
15 de dezembro

NIS terminado em 6

22 de fevereiro
24 de abril
26 de junho
25 de agosto
25 de outubro
18 de dezembro

NIS terminado em 7

23 de fevereiro
25 de abril
27 de junho
28 de agosto
26 de outubro
19 de dezembro

NIS terminado em 8

24 de fevereiro
26 de abril
28 de junho
29 de agosto
27 de outubro
20 de dezembro

NIS terminado em 9

27 de fevereiro
27 de abril
29 de junho
30 de agosto
30 de outubro
21 de dezembro

NIS terminado em 0

28 de fevereiro
28 de abril
30 de junho
31 de agosto
31 de outubro
22 de dezembro

COMO É CALCULADO O VALOR?

Em 2023, está mantida a regra de pagamentos a cada dois meses.

O Auxílio Gás hoje corresponde a 100% do valor médio nacional do botijão de gás de 13 kg apurado pela pesquisa da ANP. Quando foi lançado, em 2021, o repasse era de 50% do valor do botijão.

A manutenção do auxílio de 100% em 2023 foi viabilizada pela aprovação da PEC da Transição, que também garantiu o mínimo de R$ 600 mensais para cada beneficiário do Bolsa Família em 2023.

Em dezembro, o programa atendeu 5,95 milhões de pessoas.

COMO SABER SE TENHO DIREITO? 

Você pode consultar a situação do benefício pelos aplicativos Auxílio Brasil (para Android ou iOS) ou Caixa Tem (para Android ou iOS) ou pelo telefone 111.

Em caso de dúvida, os beneficiários também podem entrar em contato pelo número 121.

QUEM TEM DIREITO AO AUXÍLIO GÁS? 

- Famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) com renda mensal por pessoa menor ou igual a meio salário mínimo (R$ 651 em 2023)
- Famílias que tenham na sua composição pessoas que morem na mesma casa e recebam o BPC (Benefício de Prestação Continuada), inscritas ou não no CadÚnico
- Para as famílias inscritas no CadÚnico, o pagamento do Auxílio Gás é feito ao responsável familiar, preferencialmente à mulher, que deve ser indicada no cadastro. Para quem recebe BCP, o pagamento será feito ao titular do benefício ou ao seu responsável legal.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PRESOS EM FLAGRANTE

Polícia prende dupla que tentava instalar 'chupa cabra' em caixa eletrônico da Grande SP

De acordo com a Polícia Civil, dispositivo estava conectado a uma central interligada ao equipamento

Segurança

Marcha para Jesus: PM de São Paulo reforça segurança

A caminhada terá início na Estação Luz do Metrô, às 10h; Durante o evento, policiais à paisana estarão em meio à multidão

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter