X

DESAPARECIMENTO NA FLORESTA

Suspeito por sumiço de indigenista e jornalista depõe à polícia, diz Governo do AM

Por enquanto, cinco pessoas foram ouvidas no caso, mas só este na condição de suspeito

JOÃO GABRIEL E ROSIENE CARVALHO, da FOLHAPRESS

Publicado em 08/06/2022 às 09:54

Atualizado em 08/06/2022 às 09:56

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Polícia Militar do Amazonas (arquivo) / Reprodução/Twitter

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas informou que um suspeito de envolvimento no desaparecimento de jornalista britânico Dom Phillips, do jornal Guardian, e do indigenista Bruno Pereira presta depoimento na noite desta terça-feira (7).


Por enquanto, cinco pessoas foram ouvidas no caso, mas só este na condição de suspeito -as demais quatro prestaram depoimento como testemunhas.


As autoridades no estado não informaram os nomes dos depoentes e disseram ainda que "não há confirmação de pessoas presas por envolvimento no caso".


A secretaria diz que "está tomando todas as medidas cabíveis para auxiliar na elucidação do caso, em colaboração ao Ministério Público Federal, Polícia Federal e Funai [Fundação Nacional do Índio]".


O subcomandante da Polícia Militar do Amazonas, coronel Agenor Teixeira Filho, afirmou que duas pessoas chegaram a ser detidas para averiguação nesta terça-feira (7), por terem desavenças anteriores com Bruno Pereira. No entanto, elas não foram presas, e a secretaria não confirma oficialmente se tratarem de suspeitos do desaparecimento.


O subcomandante disse que elas estavam custodiadas pela Polícia Federal no município de Tabatinga para serem ouvidas. "Tudo está sendo investigado para que a gente possa ter mais informações e entender o que ocorreu com os dois", afirmou.


O subcomandante da PM afirmou que a operação de buscas desta terça-feira começou por volta das 5h30. À tarde, recebeu reforço da equipe enviada de Manaus.


Os mergulhadores não chegaram a atuar nos rios, embora estivessem nas embarcações, porque não foram encontrados vestígios da embarcação ou sinais de conflitos. "Eles mergulham quando a gente identifica um local e suspeita que possa ter algo lá", disse.


Segundo o coronel, os policiais especialistas em busca na selva encostaram nas margens e entraram em área de mata para apurar se embarcação teria sido arrastada e nem um indício foi encontrado. O subcomandante da PM informou que as buscas serão retomadas nesta quarta-feira (8).

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Fique atento

Cuidados essenciais para conjuntos de transmissão em motocicletas

Durante o processo de limpeza, utilizar pano ou escova com cerdas de plástico para remover sujeiras mais pesadas

JOGOS DO DIA

Palmeiras em campo neste sábado; veja onde assistir aos jogos do dia

Bola rola no Brasileirão Série A, B, C, D, Sub-20 e Copa Paulista

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter