últimas notícias

Idoso suspeito de matar esposa alega 'apagão'

O idoso de 65 anos que foi preso suspeito de matar a esposa, de 71 anos, alegou à polícia que sofreu um "apagão" durante uma discussão antes do crime, no bairro Porto Seguro, em Itatiba. Edvaldo Ferreira de Souza teve a prisão preventiva decretada na quarta-feira. As informações são do "G1".

A polícia irá ouvir testemunhas do caso e aguarda os laudos para finalizar o inquérito. De acordo com o boletim, o filho chegou em casa e perguntou pela mãe, quando o pai disse que a esposa estava na cama. Ao encontrá-la com o rosto coberto, o rapaz viu que a vítima estava com a face desfigurada com golpes dado pelo marido com um pedaço de madeira que ele guardava.

O agressor foi preso e levado para a delegacia de Itatiba, onde o caso foi apresentado como homicídio qualificado. O caso continua sob investigação da Delegacia de Defesa da Mulher.
(GSP)

Tops da Gazeta