12 a 14 de outubro de 2019

FUNDADO EM 1.999 - ANO 20 - Nº 5.302 Sábado a Segunda-feira 12 A 14 DE OUtUbrO DE 2019 “Cidade avançou,mas ainda falta emprego”, dizAndressa Cuchera O município histórico de Por- to Feliz, na região de Sorocaba, comemora no próximo domingo 326 anos de fundação e 222 anos de emancipação política. A ci- dade em ascensão tem recebidos nos últimos anos a chegada de inúmeras empresas, como a Toy- ota e a WestRock, e também visto a sua população crescer cerca de 10%, de 2010 para este ano. Porto conta com cerca de 53.098 mil ha- bitantes espalhados em uma área de 556,706 km², de acordo com o último balanço do Instituto Bra- sileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o crescimento, Por- to Feliz começou a enfrentar problemas que até então só as- solavam grandes metrópoles, como: aumento nos índices de criminalidade e desemprego, alta demanda nas unidades de saúde, crescimento dos bairros e falta de pavimentação nas vias, entre ou- ros desafios. Além disso, uma das principais reclamações dos mora- dores era a falta de zeladoria do município. Em janeiro de 2017, o médi- co Antônio Cássio Habice Pra- do (PTB), de 57 anos, conhecido como Dr. Cássio, assumiu a pre- feitura. Ele foi eleito em outubro de 2016 com 12.084 votos válidos, o que representou 50,22% dos vo- tos. Na época, Prado ressaltou que os desafios de seu mandato seri- am atrair empresas para a cidade, melhorar os índices de educação e segurança, modernizar a gestão e também retomar os serviços de recapeamento. De lá para cá, os resultados começaram a surgir. “Nos últimos anos a cidade ganhou uma nova cara. O asfalto melhorou e novas vias foram recapeadas, além da limpeza. Fora a manutenção, te- mos que ressaltar a entrega da nova ponte do Jardim Vante e a instalação da UTI na Santa Casa”, disse Cassiano Ricardo, de 38 anos, o morador da Vila Progresso. Emascensão e comobras históricas, Porto Feliz comemora 326 anos CRESCIMENTO. Porto conta com53.098mil habitantes emuma área de 556,706 km²; moradores destacampavimentação e entrega de obras “Aentrega da Nova Pontemudou a história de Porto”, diz Fernando Rocco “Saúde melhorou,mas precisamos de um parque”, diz Janete Rogado “Acidade está mais cuidada e limpa”, diz Cassiano Ricardo “Atual gestão deu vida para a nossa cidade”, ressaltaAdriano Lopes “Porto será a cidade do futuro”, ressalta Sérgio Aparecido A A Santa Casa de Por- to Feliz retomou na última sexta-feira os procedimentos cirúrgicos por videolaparos- copia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo comprefeitura, videolaparoscopia é uma téc- nica cirúrgica realizada com auxílio de uma endocâmera no abdômen do paciente. A técnica éminimamente inva- siva, o que garante qualidade na cirurgia e uma recupera- ção mais rápida. Ainda segundo a Admi- nistração, a retomada deste tipo de cirurgia é um grande avanço para o hospital porto- felicense. Alémdo novo apa- relho para a videolaparosco- Santa Casa retoma cirurgias por videolaparoscopia emPorto Santa Casa de Porto Feliz retomou os procedimentos na sexta-feira DIVULGAÇÃO/ PMPF pia, a Santa Casa passa por diversas melhorias, como a reforma do berçário, a im- plantação de uma segunda sala para realização de ultras- som, reforma e readequação dos espaços para aprimorar o atendimento de diversas es- pecialidades, inclusive com umnovo laboratório de aná- lises clínicas, centro oftalmo- lógico e centro cardiológico. (GSP) Suspeito de matar pedreiro esfaqueado em Jundiaí é preso; caso é investigado A Na última quinta-feira, a polícia prendeu um homem suspeito de matar um pe- dreiro de 37 anos na casa ondemorava, no bairro Hor- to Florestal, em Jundiaí. O cri- me aconteceu namadrugada do mesmo dia. Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí localizaramo suspei- to em Francisco Morato. Ele levou a equipe um terreno onde deixou a faca que teria sido usada no crime. O objeto foi recolhido e encaminhado para a perícia. O homem foi levado para a delegacia, onde foi ouvido pelo delegado. O motivo do crime é desconhecido. CASO. De acordo com o boletim, a polícia foi acionadapelopai de Rafael Ribeiro, quemorava no local com três amigos. Todos costumavamtrabalhar juntos. O pai contou aos policiais queogruporesolveu fazerum churrasco no quintal para as- sistir a um jogo de futebol. Ele foi dormir por volta de meia-noiteeacordouduasho- ras depois com o som alto da televisão. Ao conferir o que aconte- cia no quintal, viu o filho caí- do no chão com ferimentos na região do abdômen. Dois dos amigos estavam dormin- do emseus quartos e o tercei- ro havia desaparecido. (GSP) A ponte citada por Cassiano é considerada uma das mais im- portantes construções da atual gestão e da história do município. A inauguração da Nova Ponte, sobre o rio tietê no Jardim Vante, era aguardada há mais de 50 anos pelos moradores. Além de ligar a região central de Porto Feliz ao bairro e beneficiar mais de 9 mil moradores, a ponte também dá acesso as cidades de Capivari e Ra- fard. As obras que foram concluí- das em um ano custaram cerca de R$ 3 milhões. Segundo a prefeitura, além da ponte, um outro destaque da atual gestão é o serviço de pavi- mentação das estradas rurais e da região central do município. Em outubro de 2017, a Administração conseguiu um empréstimo de aproximadamente R$ 14 milhões para a realização da pavimentação da estrada do Bom Retiro (PFZ133), uma das vias mais importantes do município. A pavimentação da estrada do Bom Retiro é a maior obra de infraestrutura viária de Porto, com aproximadamente 14 quilômetros de asfalto. “O serviço de recapeamen- to realmente atingiu diversas vias da cidade, não só as mais importantes. O serviço de ze- ladoria foi intensificado”, disse Valdir Alberto, de 66 anos. (Matheus Herbert) Porto Feliz, na região de Sorocaba, comemora no próximo domingo, 326 anos de fundação e 222 anos de emancipação política De acordo com a Prefeitura de Porto Feliz, equipamento de saúde que garante qualidade na cirurgia e uma recuperação mais rápida DocuSign Envelope ID: 2A566F32-835D-4163-BC88-484F599259E1

RkJQdWJsaXNoZXIy NTg0OTkw