últimas notícias
São Paulo para quem ficou
São Paulo para quem ficou
Foto: Arte: Gazeta de S.Paulo

Capital para quem ficou

Cidade vazia é uma oportunidade única para aproveitar o melhor de SP

Na virada do ano, estima-se que 2 milhões de carros deixem São Paulo, principalmente rumo ao litoral paulista, para aproveitar os dias de folga. A consequência é clara: enquanto os municípios do Litoral - normalmente tão calmos - sofrem com trânsito, filas enormes em supermercados e até com falta de água, a maior metrópole do País apresenta um trânsito e metrô tão tranquilos que parece até outra cidade.

Macaque in the trees
Dica 1

Mesmo nessa aparente calmaria, porém, boa parte das atrações paulistanas permanece aberta. Quem não viajou neste fim de ano pode conhecer uma cidade mais calma, convidativa e aconchegante. E sem gastar muito.

Macaque in the trees
Dica 2

Há até atração para quem deseja celebrar o ano-novo em si. A Prefeitura de São Paulo vai promover o tradicional Réveillon na Paulista. O palco dos shows gratuitos será montado entre as ruas Haddock Lobo e Bela Cintra, virado para o sentido Paraíso. A programação contará com Anavitória, Marcos e Belutti, a banda Chiclete com Banana, DJ Leandro Pardí e a tradicional escola de samba Rosas de Ouro. A grande atração da noite será o cantor Lulu Santos, que estará no palco no exato momento da virada, comandando a contagem regressiva.

Macaque in the trees
Dica 3

A cidade vai manter essa calmaria até domingo, dia 5. A partir de segunda-feira (6) tudo começa a voltar aos poucos ao normal, quando boa parte dos veículos volta à Capital. Então não é hora de perder tempo. Veja algumas atrações que podem fazer o paulistano se sentir um turista na própria cidade (informações de preços e horários de funcionamento podem sofrer alterações). São Paulo calma como agora novamente só daqui a um ano.

Macaque in the trees
Dica 4

Galeria de Fotos

Tops da Gazeta