últimas notícias

Capital

Gestão Bruno Covas tem prazo para explicar o projeto à Justiça
Gestão Bruno Covas tem prazo para explicar o projeto à Justiça
Foto: Secom

Justiça suspende projeto da Prefeitura de SP de shows de artistas em janelas

Projeto da prefeitura visa ajudar a enfrentar o Covid-19 com cultura e servir de amparo à classe artística

A Justiça paulista suspendeu o projeto da prefeitura batizado como “Janelas de São Paulo”, que destinava R$ 10 milhões de forma imediata para shows de artistas em janelas e sacadas, como shows, peças, literatura e poesia. As apresentações seriam transmitidas via internet durante a pandemia de coronavírus. O custo total do projeto é de R$ 103 milhões.

De acordo com a decisão judicial, houve uma ação popular alegando que deveria se questionar a aplicação dos recursos neste momento de necessidade de investimentos em serviços essenciais. De acordo com o magistrado, apesar da ideia “não ser absurda”, é possível questionar o investimento. As informações são do portal “G1”.

No projeto inicial, a Secretaria Municipal de Cultura alegou que a proposta era a de fomentar a cultura e "ajudar a enfrentarmos o Covid-19 também com beleza e poesia. E, ao mesmo tempo, servirá de amparo para a classe artística tão afetada neste momento, junto com outras ações".

A gestão Bruno Covas tem um prazo para explicar o projeto à Justiça.

Comentários

Tops da Gazeta