últimas notícias

TCM barra licitação da Prefeitura de SP para limpeza de córregos na cidade

O Tribunal questiona detalhes, como exigência de comprovação de experiência da empresa concorrente e apontou falta de justificativas para calcular o custo Da Reportagem De São Paulo

A licitação da Prefeitura de São Paulo para a limpeza dos córregos da Capital foi barrada pelo Tribunal de Contas do Município (TCM). O Tribunal questiona detalhes, como exigência de comprovação de experiência da empresa concorrente. Com a licitação suspensa, a prefeitura diz não ter previsão de quando ampliará o serviço.

O TCM também aponta falta de justificativas para calcular o custo do serviço. A administração municipal informou que há empresas contratadas para a limpeza, e que a licitação quer ampliar o serviço.

Em 16 de abril, o primeiro pregão eletrônico para a limpeza ocorreu, mas o Tribunal revogou a disputa. Outro pregão foi marcado para o dia 8 de junho, porém, mais uma vez o TCM apontou problemas.

Barradas

Além da licitação da limpeza dos córregos, o Tribunal de Contas do Município já barrou outras licitações da prefeitura. Entre elas estão o edital das empresas de ônibus para o novo sistema de transporte público, do serviço de varrição e limpeza, a concessão dos parques públicos e do Estádio do Pacaembu e a privatização do Complexo do Anhembi e do Autódromo de Interlagos.

Tops da Gazeta