últimas notícias

Para 85% dos paulistanos prefeitura não é transparente em divulgação de dados

Segundo a pesquisa, dos entrevistados, 41% consideram a divulgação de dados “nada transparente” e 44%, “pouco transparente” Da Reportagem De São Paulo

Cerca de 85% dos paulistanos vê pouca ou nenhuma transparência na divulgação dos dados da Prefeitura de São Paulo. O número é de uma pesquisa do Ibope Inteligência, encomendado pela Rede Nossa São Paulo e divulgada nesta terça-feira.

O levantamento foi realizado entre os dias 5 e 22 de abril com 800 moradores da Capital com 16 anos ou mais. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Segundo a pesquisa, dos entrevistados, 41% consideram a divulgação de dados “nada transparente” e 44%, “pouco transparente”. Os moradores do centro são os que têm a impressão de menos transparência, já os que moram na zona oeste, são os que tem mais. Além disso, o levantamento também aponta que 53% dos paulistanos têm a impressão que a corrupção aumentou nos últimos 12 meses. Dos entrevistados, 41% acham que “aumentou muito” e 12% que “aumentou pouco”.

Ainda segundo o estudo, entre os canais de participação da administração municipal usados pela população, o 156 é o mais utilizado. Outras plataformas usadas - em menor escala - são as consultas virtuais feitas pela prefeitura, audiência, conselhos participativos e Lei de Acesso à Informação (LAI).

Outro apontamento da pesquisa é que 82% são a favor da escolha direta dos prefeitos regionais. Atualmente, nome é escolhido pelo prefeito da cidade.

Em resposta, a Prefeitura de São Paulo diz que sua transparência tem reconhecimento internacional e que implementa ações para melhorar abertura de dados e participação dos cidadãos.

Tops da Gazeta