últimas notícias

TCM barra privatização do Pacaembu; vencedor sairia nesta quinta-feira

A suspensão da concessão pelo TCM não tem prazo definido para ser concluída, o que significa que pode ficar para apenas depois das eleições Por Folhapress De São Paulo

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo suspendeu a concessão do complexo do Pacaembu, que teria os envelopes abertos nesta quinta-feira (16). A gestão Bruno Covas (PSDB) contava com a desestatização como a primeira do grande pacote anunciado pela gestão tucana, iniciada por João Doria (PSDB).

Doria é candidato ao governo do estado e contava com a concessão do Pacaembu como primeiro grande triunfo de seu programa, sobre o qual poderia capitalizar durante sua campanha.

A suspensão da concessão pelo tribunal não tem prazo definido para ser concluída, o que significa que pode ficar para apenas depois das eleições.

Tops da Gazeta