últimas notícias

Professor é preso por assédio contra menor na zona norte

Professor de matemática enviou mensagens com conteúdo sexual a aluno de 13 anos; tio descobriu e chamou a polícia. Da Reportagem De São Paulo

"Perigoso isso, você menor. Eu posso me dar mal, ser até preso por pedofilia, mas não nego, é tentador”. Esta mensagem foi enviada por um professor de matemática a um menino de 13 anos que havia sido seu aluno em aulas de reforço em um bairro da zona norte de São Paulo.

O intuito do texto era o de convidar o menor para ir à sua casa. O professor, que não teve o nome revelado, foi preso e passou na quinta- feira por uma audiência de custódia para decidir se vai permanecer ou não na prisão.

O suspeito do crime e o menor se conheceram durante aulas de reforço de matemática há pouco mais de um ano. A partir daí, o professor passou a trocar mensagens diárias com o garoto. No começo, eram mensagens normais, mas o teor passou a mudar com o tempo.

Em uma delas, o homem diz: “Você é um garoto inteligente, cabeça boa, bonito sim. Ter sua amizade me deixa feliz”. Em outras, pede fotos íntimas ao menor, e envia fotos suas sem roupa por aplicativos de conversa. Depois, pede para o menino apagar as imagens.

O tio do garoto descobriu as mensagens e procurou a polícia, que prendeu o suspeito sob acusação de assédio sexual e pedofilia. A polícia disse que encontrou no celular do professor conversas com conteúdo parecido com outros adolescentes.

Tops da Gazeta