últimas notícias

Sushiman ameaça clientes e é morto pela PM no Itaim

O caso aconteceu em um restaurante do Itaim Bibi. O sushiman estaria ameaçando clientes, colegas e a PM com duas facas Por Estadão Conteúdo

O sushiman L.S. dos S., de 26 anos, foi morto nesta quarta-feira (21) por policiais após ter ameaçado clientes e funcionários e supostamente reagido a uma abordagem policial em um restaurante do Itaim Bibi, na zona oeste de São Paulo. Ele chegou a ser levado ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu. As informações são da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

O caso aconteceu no restaurante Jam, na Rua Lopes Neto, por volta das 23 horas. Clientes e funcionários estavam fora do estabelecimento quando os policiais chegaram ao local.

Segundo a polícia, o cozinheiro estava no interior do restaurante com duas facas fazendo ameaças. Assim que a PM conseguiu entrar e o homem percebeu a presença dos militares, ele teria passado a ameaçá-los.

Ainda de acordo com informações da SSP, os policiais tentaram negociar, mas Santos estava agitado. Foram utilizadas munições não letais para acalmá-lo, mas não teriam surtido efeito.

Santos teria arremessado uma das facas contra um policial, que conseguiu desviar. Os policiais atiraram no homem.

O caso foi registrado como lesão corporal, morte decorrente de oposição à intervenção policial e resistência no 14º Distrito Policial (Pinheiros), mas deve seguir para o 15º DP (Itaim Bibi), responsável pela área.

Tops da Gazeta