últimas notícias

50 de 78 médicos do Mais Médicos se apresentam em SP

Os médicos que não se apresentaram nesta segunda (3) podem ir à Secretaria Municipal de Saúde até o dia 14 de dezembro Da Reportagem De São Paulo

Cinquenta médicos dos 78 inscritos para participar do programa Mais Médicos na cidade de São Paulo se apresentaram na Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda-feira (3). Os outros 28 profissionais podem se apresentar até 14 de dezembro.

Havia 72 cubanos atuando na Capital até 14 de novembro, quando o governo daquele país anunciou que sairia do programa por não concordar com declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

A Secretaria Municipal de Saúde resolveu ampliar o número de vagas para 78. Entre os que se apresentaram nesta segunda estavam 69 brasileiros e 9 estrangeiros. O contrato é de 36 meses, com direito a renovação.

Na Secretaria, os profissionais participaram da escolha dos postos de saúde onde irão atuar. O trabalho já pode começar nesta terça-feira (4), após haver a aprovação dos documentos.

As Unidades Básicas de Saúde do Centro e da zona oeste foram as primeiras a serem escolhidas. Logo depois, as da região Norte. As UBSs da zona leste e a zona sul ficaram entre as últimas opções.

O Programa Mais Médicos foi criado em 2013 pelo governo da então presidente Dilma Rousseff (PT) para atender comunidades carentes de profissionais de saúde pelo Brasil.

Bolsonaro diz que pretende manter o programa, mas com mudanças. Para ele, os médicos cubanos viviam no Brasil em modelo de “semi-escravidão”, por não ficarem com o salário integral e por, em suas palavras, não terem acesso às suas famílias que vivem em Cuba.

Tops da Gazeta