últimas notícias

Sócia de restaurante em Moema diz que incêndio foi criminoso

Uma sócia do restaurante, que não quis se identificar, disse à reportagem da Gazeta na tarde desta segunda-feira (1º) que o incêndio foi causado por um ex-funcionário Por Bruno Hoffmann De São Paulo

Um incêndio destruiu o restaurante La Grassa, em Moema, na zona sul de São Paulo, no início da madrugada desta segunda (1º). Nove viaturas dos bombeiros chegaram ao local à 0h21. Meia hora depois as chamas haviam sido controladas. O incêndio só foi totalmente extinto às 5h. Não houve feridos.

Uma sócia do restaurante, que não quis se identificar, disse à reportagem da Gazeta na tarde desta segunda-feira que o incêndio foi causado por um ex-funcionário. “Acharam martelo, gasolina e madeira enrolada com perfex [espécie de pano de limpeza multiuso]. Foi um ex-funcionário que botou fogo aqui”, afirmou. Segundo ela, uma câmera de segurança vizinha flagrou parte da ação do ex-funcionário.

O restaurante italiano, localizado na avenida Juriti, estava fechado para atendimento quando o fogo começou, e não havia mais funcionários no local. O trânsito ficou fechado no trecho da avenida Juriti durante toda a manhã, sendo liberado no início da tarde.

O site do restaurante diz que o La Grassa é “especializado na culinária italiana que tem a mais completa seleção de pratos tradicionais italianos com o requinte e a qualidade que apenas os melhores chefes conseguem atingir”. No domingo, o restaurante funciona até às 17h.

 

Incendio restaurante La Grassa cred Thiago Neme GSP 1O incêndio só foi totalmente extinto às 5h desta segunda (1º). Não houve feridos
(Foto: Thiago Neme/Gazeta de S.Paulo)

Tops da Gazeta