últimas notícias

Moema tem segundo incêndio em restaurante em menos de 24h

O incidente ocorreu menos de 24 horas depois que um outro incêndio destruiu o restaurante La Grassa, vizinho do La Ventana Parrila Por Bruno Hoffmann Da Grande São Paulo

Um princípio de incêndio na chaminé do restaurante La Ventana Parrila, na esquina da rua Tuim com a avenida Juriti, em Moema, na zona sul de São Paulo, causou pânico entre funcionários, pedestres e motoristas que passavam pelo local no início da noite desta segunda-feira.

O incidente ocorreu menos de 24 horas depois que um outro incêndio destruiu o restaurante La Grassa, vizinho do La Ventana Parrila, no início da madrugada desta segunda (leia abaixo).

Rapidamente, os funcionários de um edifício ao lado levaram uma mangueira para combater as chamas no La Ventana Parrila. Menos de 10 minutos depois chegaram a polícia militar e os bombeiros. O fogo foi controlado em mais 10 minutos.

Funcionários e pessoas que passavam pela região reclamaram de dor de cabeça por causa da fumaça causada pelo incêndio.

Um funcionário do restaurante contou que o incêndio começou no momento em que um cozinheiro foi ligar a churrasqueira – o restaurante é especializado em culinária argentina. “Na hora que o rapaz foi acender a churrasqueira começou o fogo. Só deu tempo da gente fugir”, conta. Não houve feridos.

222
Funcionários de um edifício ao lado levaram uma mangueira para combater as chamas no La Ventana Parrila (Foto: Aline Fonseca/GSP)

Outro caso

Um incêndio destruiu o restaurante La Grassa, que fica ao lado do La Ventana Parrilla, no início da madrugada desta segunda (1º). Nove viaturas dos bombeiros chegaram ao local à 0h21. Meia hora depois as chamas haviam sido controladas. O incêndio só foi totalmente extinto às 5h. Não houve feridos.

Uma sócia do restaurante, que não quis se identificar, disse à reportagem da Gazeta na tarde desta segunda-feira que o incêndio foi causado por um ex-funcionário. “Acharam martelo, gasolina e madeira enrolada com perfex [espécie de pano de limpeza multiuso]. Foi um ex-funcionário que botou fogo aqui”, afirmou. Segundo ela, uma câmera de segurança vizinha flagrou parte da ação do ex-funcionário.

O restaurante italiano, localizado na avenida Juriti, estava fechado para atendimento quando o fogo começou, e não havia mais funcionários no local. O trânsito ficou fechado no trecho da avenida Juriti durante toda a manhã, sendo liberado no início da tarde.

O site do restaurante diz que o La Grassa é “especializado na culinária italiana que tem a mais completa seleção de pratos tradicionais italianos com o requinte e a qualidade que apenas os melhores chefes conseguem atingir”. No domingo, o restaurante funciona até às 17h.

Tops da Gazeta