últimas notícias

Policiais militares da zona sul da Capital vão usar câmera em farda

Os 120 equipamentos deverão ser ligados pelos PMs em todas as abordagens; projeto prevê a aquisição de outras mil câmeras Da Reportagem De São Paulo

Policiais militares do 37º Batalhão, na zona sul da capital paulista, vão passar a usar câmeras presas às fardas no fim de abril deste ano. Serão 120 câmeras que serão usadas pelos PMs e deverão ser ligadas pelo agente em todas as abordagens ou quando ou em qualquer outro momento que o policial julgar necessário. O projeto é estimado em R$ 5 milhões e prevê a aquisição de outros mil equipamentos.

As imagens serão gravadas e armazenadas em nuvem pelo período de 12 meses. Ela somente poderão ser visualizadas por autoridades judiciais e de segurança pública.

Em entrevista ao "G1", o tenente-coronel Robson Cabanas Duque, gerente do projeto, disse que o estudo se iniciou em setembro de 2018. "Isso vai garantir uma melhor produção de provas e dar lisura ao trabalho policial. A partir de setembro do ano passado foi elaborado um estudo para a instalação dos equipamentos, garantindo legitimidade, transparência e confiança para a população", afirmou.

Ainda não há prazo para a compra das outras mil equipamentos, já que depende de licitação. Há a intenção inicial de utilização dessas outras câmeras no 46º BPM (na zona sul), no 18º BPM (zona norte) e no 21º BPM (zona leste). Outros dois batalhões devem contemplados no interior e no litoral, no 21º BPM/I e no 7º BPM/I.

Tops da Gazeta