últimas notícias

Padrasto é suspeito de matar enteada na zona sul da Capital

Segundo a polícia, a jovem foi encontrada morta em uma casa na avenida Carlos Lacerda, na zona sul da Capital, "com perfurações" pelo corpo Por Folhapress De São Paulo

Uma jovem, 18 anos, foi morta na manhã desta quarta-feira (1º) no Capão Redondo (zona sul). O padrasto dela foi preso, após tentar se esconder em um bar. O caso foi registrado como feminicídio (quando a vítima é morta pelo fato de ser mulher).

Segundo a polícia, a jovem foi encontrada morta em uma casa na avenida Carlos Lacerda, "com perfurações" pelo corpo. A arma usada no assassinato não foi informada até a publicação desta reportagem, da mesma forma que a motivação para o crime.

Testemunhas relataram à Polícia Militar que o padrasto da jovem, de 32 anos, teria cometido o crime e indicaram o local onde o corpo da vítima estava. Um celular foi apreendido durante a ocorrência.

O caso é o quinto de feminicidío registrado no estado em uma semana.

Além da vítima do Capão Redondo, ao menos cinco mulheres foram mortas entre a última quinta-feira (24) e esta quarta-feira (1º), na capital e no interior do estado. Uma das vítimas, de Campinas (93 km de SP) teve a morte registrada como "homicídio simples".

Cinco suspeitos, incluindo o padrasto, foram presos. A defesa deles não foi encontrada pela reportagem.

Tops da Gazeta