últimas notícias

Tribunal Regional do Trabalho julga hoje a greve dos funcionários do Metrô de SP

O resultado do julgamento do dissídio poderá determinar se haverá ou não greve dos metroviários nesta terça-feira (7) Por Folhapress De São Paulo

O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região julgará às 16h30 desta segunda-feira (6) a disputa entre funcionários do Metrô de São Paulo e a companhia.

O resultado do julgamento do dissídio poderá determinar se haverá ou não greve dos metroviários nesta terça-feira (7).

Em audiência de conciliação, a Justiça do Trabalho já havia decidido provisoriamente que, em caso de paralisação, os trabalhadores deveriam manter 70% do efetivo nos horários de pico.

A decisão liminar também determinou reajuste salarial de 4,99% para a categoria.

O reajuste, porém, não é principal ponto de conflito, mas sim as desigualdades salariais entre funcionários que realizam as mesmas tarefas, segundo o Sindicato dos Metroviários.

Até o momento, não houve conciliação quanto à equiparação salarial.

Às 18h30, haverá assembleia na sede do sindicato para a discussão dos rumos da campanha salarial e de uma eventual greve.

Os metroviários ainda pedem a reintegração de um funcionário.

Tops da Gazeta