Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Sexta, 28 Junho 2019 23:20

Prefeitura de SP vacina menos de 1% contra o sarampo

Apenas 0,55% do público-alvo já se imunizou contra a doença até agora; campanha vai até o dia 12 de julho
Vacinação contra o sarampo realizada no Memorial da América Latina, na zona oeste de São Paulo Vacinação contra o sarampo realizada no Memorial da América Latina, na zona oeste de São Paulo Aloísio Maurício/Fotoarena/Folhapress
Por Bruno Hoffmann
De São Paulo

A capital paulista vive um surto de sarampo, após quatro anos sem registrar um caso da doença. A Prefeitura de São Paulo iniciou uma campanha de vacinação em 10 de junho. Até o dia 19, último balanço feito pela secretaria, porém, apenas 0,55% do público-alvo foi vacinado. A campanha vai até 12 de julho e neste sábado (29) vai ser realizado o "Dia D", quando a prefeitura espera melhorar a adesão à vacinação.

Os casos de sarampo confirmados na Capital chegaram a 32 neste ano, segundo a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). De acordo com a Covisa, oito deles são importados e 24 estão sob investigação. O caso autóctone (de transmissão interna no município) que havia sido confirmado na cidade em maio voltou para a fase de apuração da origem.

A região da cidade com o maior registro da doença é a zona norte: 13 casos. Depois, são sete no centro, seis na região sudeste, cinco na região oeste e um na região sul. Outros 147 casos suspeitos estão sendo investigados.

DESCONHECIMENTO

A divulgação da campanha de vacinação, porém, continua tímida e é desconhecida por boa parte do público-alvo, que são jovens de 15 a 29 anos idade, além de profissionais de saúde. De acordo a SMS, do dia 10 até o dia 19 de junho o município de São Paulo aplicou 15.993 doses da vacina tríplice viral. A expectativa é imunizar 2,9 milhões de pessoas. Ou seja, até agora a campanha vacinou 0,55% do público-alvo.

Uma das pessoas que não tinha conhecimento da campanha é a biomédica Tamara Gomes, de 27 anos. "Eu sou 'militante' da vacinação e me considero uma pessoa informada, mas não estava sabendo da campanha. Foi uma grande surpresa para mim essa questão da vacinação de adultos para o sarampo, pois sempre associamos essa doença à saúde infantil", explica.

O jornalista Tadeu Rover, ao ser perguntado se sabia sobre a campanha voltada a pessoas de 15 a 29 anos, respondeu: "Fiquei sabendo agora. Tenho 35 anos, estou fora do público-alvo, mas o desconhecimento segue independentemente disso".

De acordo com a Covisa, o município tem mantido a cobertura vacinal alta na primeira dose da vacina tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola), na população de 1 ano de idade, registrando 95,66% em 2018 e 101% no 1° quadrimestre de 2019. Já a cobertura da segunda dose foi de 44,10% em 2018, e ficou em 79,67% no 1° quadrimestre deste ano.

Adultos que não foram vacinados e não tiveram a doença na infância também devem tomar a vacina. Contudo, ela é contraindicada para mulheres grávidas e indivíduos imunossuprimidos. Pessoas que tiveram contato com caso suspeito de sarampo devem ser monitoradas por 30 dias pela Vigilância em Saúde.

A campanha de vacinação contra o sarampo na Capital tem seu "dia D" neste sábado. As 464 Unidades Básicas de Saúde (UBS) funcionarão das 8h às 17h, além de postos de vacinação móveis espalhados pelas regiões da cidade. A vacina protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

A SMS ainda informou que está realizando a vacinação em eventos representativos, como a Marcha para Jesus, ocorrida em 20 de junho, e que promove campanhas especiais em outros locais da cidade.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado