últimas notícias

Com frio, calor e chuva, capital paulista pode ter temperatura com mínima de até 5 ºC

O efeito gangorra nos termômetros será provocado pela chegada de uma frente fria no final da noite de quarta (3), que será a responsável por derrubar as temperaturas de forma gradativa Por Folhapress De São Paulo

O clima na capital paulista vai agradar todos os gostos nesta semana. Entre a próxima quarta-feira (3) e o domingo (7), os dias na metrópole serão quentes, frios, de sol e chuva.

O efeito gangorra nos termômetros será provocado pela chegada de uma frente fria no final da noite de quarta, que será a responsável por derrubar as temperaturas de forma gradativa.

A menor temperatura média prevista na cidade deve ser de 5º C no sábado (6). Em bairros mais afastados, a temperatura prevista deve ser ainda menor, segundo previsão do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergência), órgão da prefeitura.

A temperatura mínima mais baixa do ano ocorreu no dia 9 de junho, quando a cidade marcou 9,4 ºC de média, enquanto em Engenheiro Marsilac (zona sul), o índice foi ainda menor, com 3,5 ºC, afirma o CGE.

Será a primeira vez que os paulistanos vão sentir na pele a derrubada brusca dos termômetros neste inverno - a estação começou no dia 21 de junho.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o responsável pela medição oficial das temperaturas no país, a capital paulista vai registrar mínima de 17º C e máxima de 28º C na quarta.

Já na quinta (5), as temperaturas terão mais a cara de inverno: entre 15 ºC e 20 ºC.

Além do frio, os moradores da cidade de São Paulo terão que andar com o guarda-chuva a tiracolo porque é grande a possibilidade de chuva.

De acordo com Helena Turon, meteorologista do Inmet, temporais acompanhados de raios e rajadas de vento também serão registrados nas regiões sul e leste do estado a partir desta quinta.

Não chove na capital paulista desde o dia 5 de junho. A última chuva significativa aconteceu no dia 3 do mesmo mês, quando foram acumulados 16,9 milímetros, segundo medição do instituto.

Na sexta-feira (5), a sensação de frio deve se aprofundar pelo reforço de uma segunda massa de ar fria que deixou os Andes e se desloca na direção das regiões Sul e Sudeste do país.

Os termômetros deverão oscilar entre 13 ºC e 18 ºC nesta sexta, prevê o Inmet. "Já sabemos que o final de semana também vai continuar gelado pela influência dessa massa de ar fria", diz Turon.

No domingo (7), os termômetros devem ficar entre 12 ºC (mínima) e 18 ºC (máxima). "O sol deve aparecer fraquinho no final de semana. Abusem do agasalho", recomenda a meteorologista do Inmet.

Para o CGE, órgão da prefeitura, a tendência é que o clima no mês de julho continuará sob a influência do El Niño, fenômeno que esquenta as águas do oceano pacífico e, consequentemente, as temperaturas.

A média das temperaturas mínimas previstas para o mês deve ficar na casa dos 12,6ºC, e as máximas, em 22,9ºC. Em relação às chuvas, a média para o mês é de 43,5 milímetros.

Tops da Gazeta