últimas notícias

Acervo

Prefeitura de SP vai promover Virada Literária no mês de outubro

Além da exposição de livros, haverá uma agenda de oficinas literárias com autores, saraus e rodas de slam, que também serão realizadas em centros culturais na periferia Por Folhapress

A prefeitura de São Paulo vai promover nos dias 4, 5 e 6 de outubro o Festival Mário de Andrade, que será uma espécie de Virada Literária.

Serão fechadas ruas entre a Biblioteca Mário de Andrade e o Teatro Municipal para abrigar barraquinhas onde editoras - das maiores, como Companhia das Letras, até as independentes e artesanais -, livrarias e bibliotecas irão expor seus livros. Além disso, haverá uma agenda de oficinas literárias com autores, saraus e rodas de slam, que também serão realizadas em centros culturais na periferia.

"O objetivo é fazer uma ocupação da cidade em torno da literatura neste momento de crise, em que o mercado de livros está em baixa e as pessoas estão lendo menos", disse à reportagem da Folha de S.Paulo o secretário municipal da Cultura, Alê Youssef. "Queremos que seja uma virada do livro" diz Youssef, em referência à Virada Cultural que é promovida na cidade desde 2005.

Também fará parte da programação um ciclo de mesas de discussão entre autores no Teatro Municipal. A curadoria do evento será feita por Joselia Aguiar, diretora da biblioteca Mário de Andrade e ex-curadora da Flip.

Segundo Youssef, as 55 bibliotecas públicas da cidade irão participar da virada literária, que é inspirada do festival de Sant Jordi de Barcelona. O festival celebra todos os anos, em 23 de abril, o dia dos namorados e o dia do livro. Para isso, bancas de flores e de livros são montadas nas ruas de Barcelona.


*Por Patrícia Campos Mello, da Folhapress

Tops da Gazeta