últimas notícias

Acervo

Temperatura não deve passar dos 14ºC em São Paulo nesta quarta

De acordo com o CGE, em algumas regiões da capital, além do frio e garoa ocasional, há redução de visibilidade horizontal provocada por névoa úmida Por Estadão Conteúdo

A temperatura despencou na cidade de São Paulo e não deve passar dos 14ºC nesta quarta-feira (14). A frente fria, vinda do oceano, que chegou nesta terça-feira (13), provocou pancadas de chuva em vários locais do litoral, da capital e do interior do Estado de São Paulo.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (CGE), em algumas regiões da capital, além do frio e garoa ocasional, há redução de visibilidade horizontal provocada por névoa úmida. Os termômetros devem registrar 11°C no fim da noite e os percentuais de umidade do ar oscilam entre 60% e 95%.

Na tarde de segunda-feira (12), a estação meteorológica do Mirante de Santana registrou 30ºC, a maior temperatura do inverno (anterior era de 29,8°C registrada no último sábado, 10) e sendo superada somente em 6 de abril, quando fez 30,2°C.

Na quinta-feira (15), a madrugada será fria com temperatura em torno dos 9°C e amanhecer com sol entre poucas nuvens. Não há previsão de chuvas e a temperatura máxima chega aos 21°C, com os menores índices de umidade do ar próximo dos 32%. Mesmo com sol a sensação de frio será sentida ao longo do dia, por causa dos ventos úmidos que sopram do mar.

Acolhimento de pessoas em situação de rua

A Prefeitura de São Paulo intensificou as ações de acolhimento de pessoas em situação de rua através da Operação Baixas Temperaturas, a partir da noite desta terça-feira por causa das baixas temperaturas.

De acordo com a Prefeitura , a operação segue até 20 de setembro e será reforçada sempre que a temperatura atingir um patamar igual ou inferior a 13°C ou sensação térmica equivalente. Desde o início, a ação já registrou mais de 910 mil acolhimentos nos Centros de Acolhida e Centros Temporários de Acolhimento (CTAs). Destes, mais de 20 mil foram durante os plantões (noite/madrugada) da Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS).

Tops da Gazeta

Temperatura não deve passar dos 14ºC em São Paulo nesta quartaTemperatura não deve passar dos 14ºC em São Paulo nesta quarta
últimas notícias

Acervo

Temperatura não deve passar dos 14ºC em São Paulo nesta quarta

De acordo com o CGE, em algumas regiões da capital, além do frio e garoa ocasional, há redução de visibilidade horizontal provocada por névoa úmida Por Estadão Conteúdo

A temperatura despencou na cidade de São Paulo e não deve passar dos 14ºC nesta quarta-feira (14). A frente fria, vinda do oceano, que chegou nesta terça-feira (13), provocou pancadas de chuva em vários locais do litoral, da capital e do interior do Estado de São Paulo.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura de São Paulo (CGE), em algumas regiões da capital, além do frio e garoa ocasional, há redução de visibilidade horizontal provocada por névoa úmida. Os termômetros devem registrar 11°C no fim da noite e os percentuais de umidade do ar oscilam entre 60% e 95%.

Na tarde de segunda-feira (12), a estação meteorológica do Mirante de Santana registrou 30ºC, a maior temperatura do inverno (anterior era de 29,8°C registrada no último sábado, 10) e sendo superada somente em 6 de abril, quando fez 30,2°C.

Na quinta-feira (15), a madrugada será fria com temperatura em torno dos 9°C e amanhecer com sol entre poucas nuvens. Não há previsão de chuvas e a temperatura máxima chega aos 21°C, com os menores índices de umidade do ar próximo dos 32%. Mesmo com sol a sensação de frio será sentida ao longo do dia, por causa dos ventos úmidos que sopram do mar.

Acolhimento de pessoas em situação de rua

A Prefeitura de São Paulo intensificou as ações de acolhimento de pessoas em situação de rua através da Operação Baixas Temperaturas, a partir da noite desta terça-feira por causa das baixas temperaturas.

De acordo com a Prefeitura , a operação segue até 20 de setembro e será reforçada sempre que a temperatura atingir um patamar igual ou inferior a 13°C ou sensação térmica equivalente. Desde o início, a ação já registrou mais de 910 mil acolhimentos nos Centros de Acolhida e Centros Temporários de Acolhimento (CTAs). Destes, mais de 20 mil foram durante os plantões (noite/madrugada) da Coordenação de Pronto Atendimento Social (CPAS).

Tops da Gazeta