últimas notícias

Acervo

Com atrasos, estação do Metrô é inaugurada na zona leste de SP

Estação Jardim Planalto, da linha 15-Prata do Metrô, começou a operar na manhã desta segunda (26) Da Reportagem De São Paulo

A estação Jardim Planalto da linha 15-Prata do Metrô foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (26). A estação deve receber 12 mil passageiros por dia e vai permitir o deslocamento dos moradores da região de Sapopemba, na zona leste, até a Vila Madalena, na zona oeste, por meio da integração com a Linha 2-Verde.

Localizada na altura do número 10.000 da avenida Sapopemba, a estação funcionará de domingo a sexta-feira, das 4h40 à 0h, e aos sábados, das 4h40 à 1h do dia seguinte. A abertura da estação, a 85ª da rede de metrô, acrescenta um trecho de 1,1 km à malha metroviária da cidade, que agora tem 97,2 km de extensão em seis diferentes linhas.

O governador João Doria (PSDB) esteve presentes na inauguração da estação, que deve receber 12 mil passageiros por dia. "A Linha 15-Prata tem uma nova estação, a Jardim Planalto sendo inaugurada e colocada em condições de uso pela população já a partir de hoje. Isso representou compromisso com a zona leste da Capital", declarou Doria.

ATRASOS

A construção da linha 15-Prata é marcada por atrasos e paralisações. A linha começou a ser construída em 2009, com a intenção de ligar a Vila Prudente até a Cidade Tiradentes a partir de 2012. As duas primeiras estações ficaram prontas só em 2014. Em 2016, o Metrô anunciou que o projeto deveria ser encolhido em 13 km e perder oito estações. Em abril de 2018 foram abertas outras quatro estações.

Após oito meses de obras paradas, em abril de 2019 o governo estadual estabeleceu um novo prazo: o de inaugurar as estações São Mateus, Jardim Planalto, Sapopemba e Fazenda da Juta em janeiro de 2020. Quando estiver pronta, a previsão é de que a Linha 15-Prata irá atender mais de 400 mil passageiros por dia.

Tops da Gazeta