últimas notícias

Acervo

Prefeitura de SP lança consulta para comércios embaixo de viadutos

Espaços embaixo de viadutos da zona oeste da cidade de São Paulo devem ser concedidos à iniciativa privada Por Bruno Hoffmann De São Paulo

A Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), publicou nesta terça-feira (8) no Diário Oficial do Município a nova consulta pública de espaços públicos localizados na parte de baixo e adjacências dos viadutos Pompéia e Lapa, ambos na zona oeste da Capital. O edital especifica, distintamente, cada uma das áreas que será oferecida à iniciativa privada na modalidade de permissão de uso onerosa. O edital possibilita que cada um deles tenha um vencedor diferente ou que um único interessado ganhe ambos os lotes. Vencerá o licitante que oferecer o maior valor de outorga a ser paga no ato da assinatura do contrato.

A intenção da prefeitura é que os locais passem a ter atividades culturais, esportivas e de lazer, como quadras, pista de skate, academia, playground e cinema ao ar livre. O vencedor do edital também será o responsável por implantar sanitário, câmeras de vigilância, mobiliário, iluminação, paisagismo, entre outros itens, que poderão resultar em até 80% de desconto na contraprestação mensal. Em contrapartida, o permissionária poderá explorar comercialmente o local.

Segundo a gestão municipal, o modelo de negócio foi ajustado para ampliar as perspectivas oferecidas à iniciativa privada. A remodelagem também serviu para adequar a parceria que a prefeitura pretende fazer com o permissionário. Após análise das contribuições, os ajustes necessários serão realizados e o edital final para licitação será publicado.

Os documentos ficarão disponíveis para contribuições até 18 de outubro.

VIADUTOS

Em junho, a reportagem da Gazeta esteve nos dois viadutos que a prefeitura pretende conceder o espaço para a iniciativa privada. O viaduto da Lapa fica ao lado do Terminal Lapa e do Mercado Municipal da Lapa e próximo a duas estações da CPTM, com grande movimentação diária de pessoas. De acordo com José Trindade Celis, de 72 anos e que mora próximo ao viaduto, a novidade é ótima.

"Há um espaço enorme abaixo do viaduto, na Lapa de Baixo, que pode ser usada como uma área de convivência para idosos. O bairro tem muitos idosos, e se pode criar um lugar para eles jogarem dominó, aprenderem dança, fazerem esportes", diz José.

O viaduto Pompeia tem menos circulação do que o da Lapa, apesar de estar próximo a importantes instituições e pontos comerciais, como o Shopping Bourbon, o Allianz Parque e a avenida Pompéia. Do outro lado do viaduto há uma unidade do Playball (campos de futebol society) e do bairro planejado Jardins das Perdizes. A parte de baixo do viaduto, porém, não costuma ser caminho à pé para nenhum desses pontos do bairro.

Caso o projeto seja bem sucedido, a prefeitura pretende replicar o modelo para outros viadutos da capital paulista.

Tops da Gazeta

Prefeitura de SP lança consulta para comércios embaixo de viadutosPrefeitura de SP lança consulta para comércios embaixo de viadutos
últimas notícias

Acervo

Prefeitura de SP lança consulta para comércios embaixo de viadutos

Espaços embaixo de viadutos da zona oeste da cidade de São Paulo devem ser concedidos à iniciativa privada Por Bruno Hoffmann De São Paulo

A Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB), publicou nesta terça-feira (8) no Diário Oficial do Município a nova consulta pública de espaços públicos localizados na parte de baixo e adjacências dos viadutos Pompéia e Lapa, ambos na zona oeste da Capital. O edital especifica, distintamente, cada uma das áreas que será oferecida à iniciativa privada na modalidade de permissão de uso onerosa. O edital possibilita que cada um deles tenha um vencedor diferente ou que um único interessado ganhe ambos os lotes. Vencerá o licitante que oferecer o maior valor de outorga a ser paga no ato da assinatura do contrato.

A intenção da prefeitura é que os locais passem a ter atividades culturais, esportivas e de lazer, como quadras, pista de skate, academia, playground e cinema ao ar livre. O vencedor do edital também será o responsável por implantar sanitário, câmeras de vigilância, mobiliário, iluminação, paisagismo, entre outros itens, que poderão resultar em até 80% de desconto na contraprestação mensal. Em contrapartida, o permissionária poderá explorar comercialmente o local.

Segundo a gestão municipal, o modelo de negócio foi ajustado para ampliar as perspectivas oferecidas à iniciativa privada. A remodelagem também serviu para adequar a parceria que a prefeitura pretende fazer com o permissionário. Após análise das contribuições, os ajustes necessários serão realizados e o edital final para licitação será publicado.

Os documentos ficarão disponíveis para contribuições até 18 de outubro.

VIADUTOS

Em junho, a reportagem da Gazeta esteve nos dois viadutos que a prefeitura pretende conceder o espaço para a iniciativa privada. O viaduto da Lapa fica ao lado do Terminal Lapa e do Mercado Municipal da Lapa e próximo a duas estações da CPTM, com grande movimentação diária de pessoas. De acordo com José Trindade Celis, de 72 anos e que mora próximo ao viaduto, a novidade é ótima.

"Há um espaço enorme abaixo do viaduto, na Lapa de Baixo, que pode ser usada como uma área de convivência para idosos. O bairro tem muitos idosos, e se pode criar um lugar para eles jogarem dominó, aprenderem dança, fazerem esportes", diz José.

O viaduto Pompeia tem menos circulação do que o da Lapa, apesar de estar próximo a importantes instituições e pontos comerciais, como o Shopping Bourbon, o Allianz Parque e a avenida Pompéia. Do outro lado do viaduto há uma unidade do Playball (campos de futebol society) e do bairro planejado Jardins das Perdizes. A parte de baixo do viaduto, porém, não costuma ser caminho à pé para nenhum desses pontos do bairro.

Caso o projeto seja bem sucedido, a prefeitura pretende replicar o modelo para outros viadutos da capital paulista.

Tops da Gazeta