últimas notícias

Acervo

USP sedia reunião com patrocinadores do Museu do Ipiranga

Segundo informações do governo do Estado, representantes das 13 empresas patrocinadoras participaram do evento Da Reportagem De São Paulo

A primeira reunião do Comitê dos Patrocinadores das obras de revitalização e modernização do edifício-monumento do Museu do Ipiranga ocorreu na última terça-feira (5), no prédio da reitoria da Universidade de São Paulo (USP), na Capital.

Segundo informações do governo do Estado, representantes das 13 empresas patrocinadoras participaram do evento: Banco do Brasil, Banco Safra, Bradesco, Caixa, Caterpillar, Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Cosan, EMS, Honda, Vale, EDP, Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) e o Instituto Itaú Cultural.

Juntas, as companhias investirão R$ 160 milhões no projeto, ainda segundo a gestão João Doria (PSDB).

NOVO MUSEU

O Museu Paulista, conhecido como Museu do Ipiranga, foi inaugurado em 7 de setembro de 1895, como museu de História Natural e marco representativo da Independência do Brasil. Em 1963, o museu foi integrado à USP, tornando-se uma instituição científica, cultural e educacional com atuação no campo da história.

Em 2013, o edifício-monumento foi fechado à visitação. As coleções do acervo e os laboratórios foram transferidos para imóveis alugados e especialmente adaptados para esse fim.

Além da adequação às normativas atuais de infraestrutura, acessibilidade, segurança e sustentabilidade, com a reforma, o edifício será ampliado em quatro mil metros quadrados. A nova área proporcionará a melhoria dos acessos e fluxos, acolhimento do público e novas facilidades, como área de exposições temporárias, auditório, salas para ações educativas, café e loja.

A previsão é de que as obras sejam concluídas até 2022, ano do bicentenário da Independência.

Tops da Gazeta