Publicidade

X
PARQUE

Parque Ibirapuera volta a fechar quadras e parquinho

Autorização funcionou por livre demanda no final de semana, e passaria a ser feita por agendamento; mas foi suspensa por conta da alta demanda

Publicidade

Antes da pandemia, o Ibirapuera recebia cerca de 150 mil pessoas / / Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas

A Urbia Gestão de Parques, responsável pela gerenciamento do Parque Ibirapuera, cancelou a reserva online gratuita de quadras do parque, que estava em teste. Segundo a empresa, a suspensão vale até a reabertura da área esportiva do Ibirapuera, ainda sem data prevista.

No último final de semana, os espaços funcionaram por livre demanda e passariam a ser liberados para uso mediante agendamento. Entretanto, administradora decidiu suspender a autorização por conta da alta procura.

No primeiro final de semana de reabertura durante a pandemia de Covid-19 na capital paulista, cerca de 174 mil pessoas visitaram os parques municipais.

Os parques estavam fechados desde março aos finais de semana, quando foi implantada a quarentena para conter a propagação da doença.

De acordo com o “G1”, os cinco parques mais visitados no período foram: Ibirapuera (66.525), Independência (20.649), Aclimação (11.967), Luz (9.046) e Carmo (8.020).

Em um fim de semana normal antes da pandemia, o Ibirapuera, localizado na zona sul de São Paulo, recebia cerca de150 mil pessoas no sábado e domingo.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

OPORTUNIDADE

Em Santos, equipe de vela oceânica levará fãs para volta em barco de regata

Passeio será realizado em 21 de maio e para concorrer, os fãs da Amstel Ultra devem participar de uma live nos canais do @veleiroinae

Corrupção

Ministério da Justiça cria rede para coordenar combate à corrupção

Portaria visa estimular o intercâmbio de informações entre as polícias judiciárias e os demais órgãos públicos e entidades que atuam no combate à corrupção

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software