Publicidade

X
EDUCAÇÃO

SP abre vagas de estágio a universitários em alfabetização e educação inclusiva

Cursistas de Pedagogia e de Licenciatura em Letras e em Matemática do 2º ao penúltimo semestre da graduação podem concorrer às vagas

Publicidade

Sala de aula / /Robson Ventura/Folhapress

Estudantes matriculados em cursos de Pedagogia (normal e superior), Licenciatura em Letras e Licenciatura em Matemática podem participar dos programas de estágios remunerados da Rede Municipal de Ensino (RME) de São Paulo. A RME oferece cerca de 3 mil vagas para cursistas do segundo ao penúltimo semestre da graduação interessados em trabalhar nas áreas de Alfabetização e Educação Especial.

Atualmente estão abertas as inscrições para dois programas de estágios:

Parceiros da Aprendizagem – Alfabetização: o estagiário colabora com o professor regente de classe do 1º ano do Ciclo de Alfabetização no processo de aprendizagem e desenvolvimento dos educandos.

Aprender Sem Limite – Educação Especial: o professor regente de classe que possui estudantes com deficiência ou transtornos do espectro autista recebe apoio do estagiário.

Juntos, de acordo com a gestão municipal, os programas beneficiam mais de quatro mil e quinhentos estudantes universitários, sendo 1.520 no Parceiros da Aprendizagem e 3.000 no Aprender sem Limite. Atualmente, cerca de 3000 vagas estão em aberto.

Remuneração

A bolsa mensal é de R$ 690,36 + auxílio-transporte (R$ 193,60) + seguro de vida. A carga horária de trabalho é de 4h por dia. O contrato de estágio tem duração de um ano e pode ser prorrogado por mais um. O estudante contratado deverá participar dos encontros periódicos de formação promovidos pela Diretoria Regional de Ensino (DRE), que ocorrem dentro do horário de trabalho do estágio.

Inscrições

Para participar do programa, o estudante deve preencher o formulário de interesse de estágio, inserindo os dados pessoais e região em que pleiteia trabalhar. De acordo com a disponibilidade de vagas, as Diretorias Regionais de Educação entrarão em contato com os candidatos para a sequência do processo.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PCC

Marcola nega liderar PCC e diz estar 'marcado pra morrer'

Criminoso contou em audiência que foi taxado como comandante da facçao após matar os antigos líderes da organização

Eleições presidenciais

Bolsonaro vai lançar campanha no lugar em que levou facada em 2018

Ato foi divulgado pelo deputado estadual Bruno Engler e confirmado por um dos integrantes da campanha do presidente

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software