Publicidade

X

SUA SAÚDE

Contaminação de alimentos por agrotóxico cresceu 96% em um ano; feijão e uva lideram

O feijão fradinho é o alimento mais contaminado por agrotóxicos no Brasil

Matheus Herbert

Publicado em 17/12/2021 às 12:14

Atualizado em 17/12/2021 às 13:18

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O feijão fradinho é o alimento mais contaminado por agrotóxicos no Brasil / Griffin024

O feijão fradinho é o alimento mais contaminado por agrotóxicos no Brasil. No total, 76,7% das amostras coletadas e analisadas pelo Governo Federal em 2020 apresentaram níveis de pesticidas e herbicidas acima do permitido por lei. No feijão comum, esse índice de contaminação foi de 36,6%. Esses dados foram apresentados na surdina, no final de novembro, e ilustram a escalada no uso de venenos agrícolas durante o Governo Bolsonaro. Esse uso sistemático de agroquímicos fica evidente quando comparadas versões anteriores da mesma pesquisa, batizada de Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes em Produtos de Origem Vegetal. Em 2019, apenas 7,7% das 1.575 amostras analisadas apresentavam resíduos de agrotóxicos. Esse índice praticamente dobrou em 2020, com 15,1% das amostras acima dos limites permitidos.

Depois do feijão, os alimentos com maior contaminação em 2020 foram o pimentão com 63,7% das amostras com elevados níveis de venenos agrícolas, a uva com 17,7%, o tomate com 16,4%, o abacaxi com 13,2%, a cenoura com 11.5% e a banana com 5,1%. Na farinha de trigo, 8,6% das amostras também apresentaram contaminação por fungos e no café torrado e moído esse índice foi de 4,3%.

A pesquisa analisou amostras de abacaxi, alface, alho, cacau, amendoim, arroz, banana, batata, beterraba, café, castanhas de caju e do Brasil, cebola, cenoura, cevada, citros, farinha de trigo, feijão, goiaba, kiwi, maçã, mamão, manga, melão, milho, morango, pera, pimenta do reino, pimentão, soja, tomate, trigo e uva.

Em 2019, amostras de arroz e de cacau continham traços até de arsênio (causador de diabetes e doenças de pele) e de cádmio (causador de hipertensão e câncer). Em 2020, nenhum alimento apresentou esse tipo de contaminação. Porém, não há motivo para comemorar porque a análise para detectar arsênio e cádmio foi abolida no ano passado...

De olho na eleição...

A pressão de funcionários do Instituto de Terras do Estado (Itesp), de lideranças do MST e dos deputados de oposição ao governador João Dória (PSDB) impediu nesta semana, pela segunda vez, a votação do Projeto de Lei 410/2021.

...para governador, tucanos...

Polêmico, o chamado PL da Grilagem está em análise na Assembleia Legislativa desde junho e já teve sua tramitação suspensa por liminar da 9ª Vara da Fazenda Pública de SP. Segundo a oposição, o PL viabiliza a entrega de uma área equivalente à de 750 mil campos de futebol em terras públicas para o agronegócio exportador de alimentos.

...agradam fazendeiros

Um dos principais interessados no projeto seria o vice-governador, Rodrigo Garcia (PSDB). O tucano estaria de olho nos votos do Interior, que garantiram a vitória de João Dória na eleição de 2018, em votação apertada contra Márcio França (PSB), que venceu na Capital e no Litoral.

Filosofia do campo:

"Criança na mamadeira já tá fazendo careta /Até o leite das crianças virou droga na chupeta/A coisa tá feia, a coisa tá preta... Quem não for filho de Deus, tá na unha do capeta", Tião Carreiro (1934/1993), violeiro mineiro, em 'Pagode em Brasília'.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SEGURANÇA PÚBLICA

Sindicato protesta contra Derrite por exclusão da Polícia Civil de operação em SP

Presidente do sindicato dos delegados disse que decisão de Derrite de dar mais protagonismo à PM em detrimento à Polícia Civil pode 'fragilizar a estrutura policial'

Programa Jovem Aprendiz

Em busca do primeiro emprego? Empresa Raízen está com 240 vagas abertas

Interessados em se candidatar devem ter entre 16 e 21 anos; não é necessário ter experiência prévia

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter