últimas notícias
Em destaque
Por Pedro Nastri - Colaborador
[email protected]
Pedro Nastri é colunista da Gazeta e âncora na Rádio Trianon 740 AM
Pedro Nastri é colunista da Gazeta e âncora na Rádio Trianon 740 AM

Indústria da multa

O jornalista e radialista Pedro Nastri comenta sobre as últimas notícias de São Paulo

Indústria da multa. O diretor-geral da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), Milton Persoli, disse não acreditar nas denúncias que constam em um inquérito do Ministério Público do Trabalho que investiga uma pressão sobre funcionários públicos para aplicar mais multas de trânsito. Em sua primeira declaração sobre o caso ele afirmou ainda que o conselho de ética da agência também apura as informações. A investigação, revelada pelo "Estadão", apura a atuação do superintendente da DPL (Diretoria de Procedimentos e Logística), Reonaldo Raitz Leandro, nomeado ao posto por indicação do DEM. Ele foi acusado de autorizar ordens ilegais.

Apoio à mulher. Mulheres vítima de violência passam a ter mais um ponto de atendimento no Metrô de São Paulo. Um Posto Avançado de Apoio à Mulher começou a operar na estação Santa Cecília, na linha 3-Vermelha do Metrô. O posto realiza atendimentos de segunda a sexta, das 8h às 19h, exceto feriados. As mulheres vítimas de violência de qualquer tipo poderão ser atendidas por uma equipe composta por assistentes sociais e psicólogas. Durante atendimento, as vítimas podem ser encaminhadas para redes de enfrentamento à violência contra a mulher, como os CRMs (Centros de Referência da Mulher) ou delegacias da mulher.

Linha Ouro do Metrô. A retomada das obras da Linha 17-Ouro, do Metrô, começou no dia 18 após problemas em contratos de empresas anteriormente licitadas. Os trabalhos incluem a conclusão de sete estações, além da estação São Paulo-Morumbi, em fase final. A nova linha vai conectar o sistema de trens da cidade com o aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo. A Linha 17-Ouro terá integrações com a Linha 9-Esmeralda da CPTM na estação Morumbi e com a Linha 5-Lilás do Metrô na estação Campo Belo.

Complexo do Ibirapuera. A juíza Liliane Keyko Hioki, da 2ª Vara da Fazenda Pública de SP, concedeu liminar para suspender a publicação de edital de concessão do complexo esportivo do Ibirapuera. Ela acatou pedido popular assinado por atletas contrários à concessão das instalações à iniciativa privada. O governador João Doria pretende lançar ainda em 2020 o edital para a concessão do espaço por 35 anos. A juíza justificou em sua decisão que "é certo que, como todo aparelhamento esportivo público do país, o Complexo foi esquecido pelo Poder Público e não se mostra tão grandioso como outrora, há deterioração das áreas e dos aparelhos, porém, isso não pode ser motivo para se destruir um marco da cidade". Ela ainda acrescenta que "a preservação, como em qualquer país civilizado, deve prevalecer, porque nisso está o interesse público".

Comentários

Tops da Gazeta