Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Sexta, 12 Julho 2019 23:09

Viver em São Paulo

Viver em São Paulo. Medidas que devem ser prioritárias para administração municipal em relação à população em situação de rua, para combater a violência doméstica e contra as mulheres e voltadas para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade são algumas das questões abordadas na pesquisa "Viver em São Paulo: Assistência Social". O levantamento, realizado pela Rede Nossa São Paulo em parceria com o Ibope Inteligência, será apresentado em evento no dia 16 de julho, às 17h, no Sesc Carmo. O evento contará, também, com debate e intervenção cultural. A edição do ano anterior revelou que a população paulistana considera o combate ao tráfico de drogas como a principal medida a ser adotada na Cracolândia, seguida pelo desenvolvimento de políticas públicas de atuação conjunta de diversas áreas, com 59% e 53%, respectivamente. Já em relação à melhora das condições da população em situação de rua, para as pessoas entrevistadas, passa especialmente pela ampliação de políticas públicas de acolhimento e pela capacitação com foco na inserção no mercado de trabalho, com 37% e 34%, respectivamente.

Cadastro Positivo I. Nesta semana entrou em vigor as modificações em relação à Lei do Cadastro Positivo, ou seja, a criação de um "score" (sistema de ranking) de cada cidadão. Quanto melhor for a nota da pessoa, maior a possibilidade de acesso à crédito junto às instituições financeiras (abertura de conta corrente, cartão de crédito, linhas de financiamento, juros mais baixos etc). Até então, a adesão era voluntária, de modo que o ranking só poderia ser criado se a pessoa expressamente fizesse o pedido de inclusão.

Cadastro Positivo II. A partir de agora, a adesão ao sistema de "score" será automática (a pessoa deve ser avisada quando for incluída no sistema de "score"), podendo ela pedir sua exclusão do programa, se assim desejar (opt-out). O pedido de exclusão deverá ser solicitado perante às entidades de crédito, como SERASA, SPC, dentre outras. Mas como é feito o sistema de "score"? Simples, através do histórico de bom/mau pagador. As entidades de crédito pegam o histórico de pagamento de contas de água, luz, telefone, cartão de crédito, dentre outras, e criam um sistema de ranking que irá dar uma nota para cada indivíduo do país. Pessoas com histórico de inadimplemento terão mais dificuldades de obtenção de crédito (em tese, as que mais precisam), enquanto as que são adimplentes terão facilidade na obtenção do crédito (em tese, as que menos precisam).

Mais nesta Editoria: « DPVAT Combate ao desperdício »
Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - editor@gazetasp.com.br
Comercial - comercial@gazetasp.com.br

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado