últimas notícias
Fontes próximas ao técnico Tite garantem que o treinador da seleção brasileira pedirá demissão do cargo após a partida contra o Paraguai, na terça-feira (8).
Fontes próximas ao técnico Tite garantem que o treinador da seleção brasileira pedirá demissão do cargo após a partida contra o Paraguai, na terça-feira (8).
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Pessoas próximas a Tite dizem que treinador pedirá demissão da Seleção na terça

A crise gerada pela transferência da Copa América para o Brasil, admitida pelo próprio treinador, pode ser a gota d'água na trajetória de Tite na seleção

Fontes próximas ao técnico Tite garantem que o treinador da seleção brasileira pedirá demissão do cargo após a partida contra o Paraguai, na terça-feira (8), pelas Eliminatórias da Copa. As informações são do Jornal Extra.

A crise gerada pela transferência da Copa América para o Brasil, admitida pelo próprio treinador na quinta-feira, na entrevista coletiva às vésperas da vitóriacontra o Equador, nesta sexta-feira, pode ser a gota d'água na trajetória de Tite na seleção. O tom assumido pelo técnico nas respostas à imprensa, assertivo para seus padrões, reforçou a impressão de que a ruptura do trabalho pode estar próxima.

O caso se soma a outros dois episódios que incomodam o treinador: a crise institucional vivida pela CBF desde que Caboclo passou a ser ameaçado por uma funcionária, que diz ter sido alvo de comportamento inadequado do dirigente; e o vazamento, em reportagem da "ESPN", de uma conversa entre Caboclo e Edu Gaspar, então coordenador da seleção, depois da Copa da Rússia, em 2018, em que o presidente faz duros questionamentos ao trabalho de Tite e de sua comissão técnica, em especial o auxiliar Cleber Xavier, seu braço direito.

*Do Jornal Extra

Comentários

Tops da Gazeta