últimas notícias

Palmeiras começa semana de clássico com "nova cara" e opções reduzidas

A equipe alviverde enfrenta o Santos nesta quinta (19), depois de mais um mês de competição paralisada por causa da Copa, e inicia a semana de preparação com uma cara bem diferente no time titular Por Folhapress De São Paulo

A espera do torcedor do Palmeiras para ver o time novamente em ação pelo Campeonato Brasileiro está perto de acabar. A equipe alviverde enfrenta o Santos em clássico nesta quinta-feira (19), depois de mais um mês de competição paralisada por causa da Copa do Mundo, e inicia a semana de preparação com uma cara bem diferente no time titular. Entre suspensões, lesões e saídas, o técnico Roger Machado vai para o jogo com opções reduzidas.

A confusão generalizada no fim da rodada passada, contra o Flamengo, terminou em três palmeirenses expulsos. Jailson e Dudu, habituais titulares, terão de cumprir suspensão automática e estão fora do jogo. Já o zagueiro Luan, que é reserva e também recebeu o cartão vermelho, recebeu dois jogos de punição no STJD e só voltará daqui a duas rodadas, contra o Fluminense, em 25 de julho. Por fim, o meia Moisés também está suspenso, mas pelo terceiro cartão amarelo.

Já os problemas físicos vão tirar outras duas alternativas de Roger. O meia venezuelano Guerra ainda se recupera de cirurgia no pé e não tem treinado no campo, enquanto o centroavante Borja, artilheiro do time na temporada, fez uma artroscopia no joelho após participar da Copa do Mundo pela Colômbia e ainda deve ficar mais de um mês afastado.

Por fim, o Palmeiras negociou três jogadores do elenco durante a parada da Copa. A principal baixa é a de Keno, o único que era titular. O atacante foi vendido por R$ 37 milhões ao Pyramids, do Egito. As outras saídas foram do quarto goleiro Daniel Fuzato, para a Roma, e do atacante revelado na base Fernando, para o Shakhtar Donetsk. Além deles, o zagueiro Emerson Santos tem empréstimo encaminhado para o Internacional.

Por outro lado, três jogadores reforçaram o grupo. O zagueiro argentino Nicolás Freire foi contratado por empréstimo após passagem pelo Zwolle, da Holanda; o meia Vitinho voltou de empréstimo do Barcelona B e foi integrado ao elenco profissional; e Gustavo Scarpa, grande contratação do início da temporada, retornou ao Palmeiras após conseguir se desvincular do Fluminense na justiça pela segunda vez.

A tendência, portanto, é de um time com cinco mudanças em relação à equipe que vinha sendo considerada a ideal no primeiro semestre. No gol, o suspenso Jailson deve dar lugar a Weverton, já que Fernando Prass não participou da intertemporada na América Central por causa de uma inflamação de joelho. Na frente, o quarteto ofensivo deve ser todo diferente: no lugar de Keno, Moisés, Dudu e Borja, jogam Scarpa, Lucas Lima, Hyoran e Willian.

O resto da equipe não deve ter novidades, com a linha defensiva formada por Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa, e a dupla de volantes com Bruno Henrique e Felipe Melo. O Palmeiras ocupa a sexta colocação do Campeonato Brasileiro, com 19 pontos, e está oito atrás do líder Flamengo. O jogo contra o Santos acontece às 20h da próxima quinta-feira, no Pacaembu.

Tops da Gazeta