últimas notícias

Desde volta à Série A, Palmeiras tem em média dois técnicos por ano

Nesta quarta (26), a direção demitiu Roger Machado, se tornando o oitavo ex-treinador do clube em quatro anos Por Folhapress De São Paulo

Desde a volta à Série A do Brasileiro, em 2014, o Palmeiras tem uma média de dois treinadores por temporada. Nesta quarta (26), a direção demitiu Roger Machado, se tornando o oitavo ex-treinador do clube em quatro anos.

A reportagem considerou os profissionais que ficaram mais de dez jogos à frente da equipe. No período, o clube teve ainda treinadores interinos, que assumiram após demissões durante a temporada.

O ano de 2014, quando voltou à elite do futebol brasileiro, foi o de maior rotatividade, com três comandantes efetivados.

Após subir o time em 2013, Gilson Kleina caiu em maio. O argentino Ricardo Gareca foi chamado, mas ficou apenas três meses. Por último, Dorival Júnior encerrou a temporada e foi demitido em dezembro.

O ano de 2015 começou com Oswaldo de Oliveira. No Campeonato Paulista, o técnico levou o time à final, mas perdeu para o Santos nos pênaltis. Ele foi demitido em junho, depois de seis rodadas e poucos resultados no Brasileiro.

Marcelo Oliveira foi chamado e conquistou a taça da Copa do Brasil. O treinador deixou o clube em abril de 2016, após nove meses de trabalho, um dos mais longevos nos últimos quatro anos.

O técnico Cuca foi chamado para assumir o time em março de 2016. Na sua gestão, o time conquistou o Brasileiro depois de um jejum de 22 anos. Em um caso atípico, o treinador que preferiu não renovar o contrato em dezembro daquele ano, alegando questões pessoais.

Eduardo Baptista foi o chamado para comandar a equipe em dezembro de 2016. Foi o mais duradouro desde 2014, com 11 meses de trabalho, até ser demitido em maio de 2017.

Foi quando Cuca voltou. A parceria, porém, não teve o mesmo sucesso da primeira passagem e o treinador foi demitido em outubro do ano passado.

O auxiliar técnico Alberto Valentim foi chamado para comandar a equipe nas 11 rodadas finais do Brasileiro de 2017. Ele já havia assumido o posto de interino em outras quatro oportunidades no time.

O treinador deixou o clube em dezembro.

A temporada de 2018 começou com agora demitido Roger Machado. Sob seu comando, o time chegou à final do Campeonato Paulista deste ano, mas foi derrotado pelo Corinthians nos pênaltis.

Tops da Gazeta