últimas notícias

Palmeiras amplia chance de ser campeão para 92,4%

Após vencer o Santos no sábado (3), o Palmeiras ampliou a chance de ser campeão brasileiro para 92,4% após a 32ª rodada. Antes, a probabilidade era de 87,8% Por Folhapress De São Paulo

A vitória por 3 a 2 sobre o Santos no último sábado fez o Palmeiras ampliar a chance de ser campeão da Série A do Brasileirão para 92,4% após a disputa da 32ª rodada, indicam cálculos do site Chance de Gol. Antes, a probabilidade era de 87,8%.

Além de vencer seu jogo, o time comandado por Luiz Felipe Scolari viu um de seus rivais, o Flamengo, empatar por 2 a 2 com o São Paulo e ver a desvantagem para o líder subir de quatro para seis pontos. Percentualmente, a chance de o time carioca ser campeão caiu de 6,7% para 2,7%.

Novo vice-líder com a vitória diante do Atlético-PR, o Internacional agora tem 4,8% de probabilidade de título, a cinco pontos do Palmeiras. São Paulo (0,08%) e Grêmio (0,01%) têm chances remotas.

RISCO DE QUEDA

Na briga contra a o rebaixamento, a rodada foi positiva para Vasco e Botafogo. Com vitórias sobre Fluminense e Corinthians, respectivamente, os times cariocas agora têm riscos de queda avaliados em 15,2% e 14,7%.

O Corinthians, por sua vez, viu a possibilidade aumentar de 1,1% para 2,3%. Vitória (73,5%), América-MG (61,9%), Chapecoense (64,4%), Sport (64,4%) e Paraná (quase 100%) seguem como mais ameaçados. Vale lembrar que o Sport ainda joga na rodada, nesta segunda-feira, contra o Ceará.

A análise realizada pelo "Chance de Gol" leva em consideração o local da partida (dentro ou fora de casa), o retrospecto recente e os adversários que restam a cada clube enfrentar.

Por causa disso, alguns clubes que estão atrás na tabela aparecem com mais chances de títulos ou de vaga na Libertadores que outros que estão à frente. O mesmo acontece na briga pelo rebaixamento, em que um time que já está na zona da 'degola' tem menos chances de cair do que um que figura fora dela.

Veja as possibilidades estimadas pelo Chance de Gol:

Chances de título
1º Palmeiras (66 pontos) - 92,4% de chances
2º Internacional (61 pontos) - 4,8%
3º Flamengo (60 pontos) - 2,7%
4º São Paulo (57 pontos) - 0,08%
5º Grêmio (55 pontos) - 0,01%

Chances de Libertadores (G6)
1º Palmeiras (66 pontos) - 100% de chances
2º Internacional (61 pontos) - quase 100%
3º Flamengo (60 pontos) - quase 100%
4º São Paulo (57 pontos) - 99,9%
5º Grêmio (55 pontos) - 99,7%
6º Atlético Mineiro (46 pontos) - 29,1%
7º Santos (46 pontos) - 45%
8º Cruzeiro (46 pontos) - Já está na Libertadores
9º Atlético Paranaense (43 pontos) - 11,1%
10º Fluminense (40 pontos) - 0,1%
11º Bahia (40 pontos) - 0,6%
12º Corinthians (39 pontos) - 0,07%
13º Vasco (38 pontos) - quase 0%
14º Botafogo (38 pontos) - 0,02%
15º Ceará (37 pontos) - 0,2%

Risco de rebaixamento
10º Fluminense (40 pontos) - 1,1%
11º Bahia (40 pontos) - 0,4%
12º Corinthians (39 pontos) - 2,3%
13º Vasco (38 pontos) - 15,2%
14º Botafogo (38 pontos) - 14,7%
15º Ceará (37 pontos) - 2,1%
16º Vitória (34 pontos) - 73,5%
17º América Mineiro (34 pontos) - 61,9%
18º Chapecoense (34 pontos) - 64,4%
19º Sport (33 pontos) - 64,4%
20º Paraná (18 pontos) - quase 100%

Tops da Gazeta