Edição de Hoje capa
Edições Anteriores
 
Quinta, 28 Março 2019 16:37

São Paulo x Palmeiras abre semi no sábado; outro finalista sairá em uma 2ª feira

As datas e horários foram divulgados nesta quinta-feira (28) em uma reunião na sede da Federação Paulista de Futebol com a presença dos representantes de três dos quatro semifinalistas
O Choque-Rei abrirá a fase semifinal do Estadual neste sábado (30), às 18h O Choque-Rei abrirá a fase semifinal do Estadual neste sábado (30), às 18h Miguel Schincariol/saopaulofc.net
Por Estadão Conteúdo
De São Paulo

Palmeiras e São Paulo vão abrir as semifinais do Campeonato Paulista neste sábado, às 18 horas, no estádio do Morumbi, na capital. No domingo, no outro duelo desta fase, o clássico entre Corinthians e Santos será disputado na arena corintiana, às 16 horas.

Os jogos de volta estão marcados para a semana seguinte. No dia 7 de abril, um domingo, o Palmeiras receberá o São Paulo no estádio Allianz Parque, às 16 horas. A grande novidade foi a definição do segundo jogo entre Santos e Corinthians, que foi marcado para o dia 8, uma segunda-feira, às 20 horas, no estádio do Pacaembu.

As datas e horários foram divulgados nesta quinta-feira em uma reunião na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo, com a presença dos representantes de três dos quatro semifinalistas. Rompido com a entidade, o Palmeiras não enviou nenhum dirigente ao evento.

A abertura das semifinais neste sábado já era esperada, pois o time do técnico Luiz Felipe Scolari jogará nesta terça-feira (2) na Argentina contra o San Lorenzo, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Com isso, precisará de tempo maior para se preparar para a viagem e de recuperação física para o duelo. O São Paulo disputa apenas o Paulistão neste momento.

A definição do segundo jogo entre Santos e Corinthians para a noite de segunda-feira, dia 8, foi uma surpresa. A data procura contemplar as necessidades do time santista, que tem um compromisso pela terceira fase da Copa do Brasil no próximo dia 4, uma quinta, em Goiânia, diante do Atlético Goianiense.

O Corinthians enfrenta o Ceará pela mesma fase do torneio, mas o seu duelo, pela rodada de volta, será na próxima quarta, em São Paulo. Na ida, em Fortaleza, há duas semanas, os corintianos venceram por 3 a 1.

SANTOS SE DECEPCIONA

O presidente do Santos, José Carlos Peres, criticou a marcação do jogo de volta das semifinais para uma segunda-feira. "Eu lamento bastante. Não gostei da segunda-feira. Acho que é um jogo que merece um domingo ou um sábado. Mas a televisão resolveu colocar na segunda-feira. E a gente é obrigado a seguir. É para isso que a gente assina o contrato", disse o dirigente. "Isso sempre traz um prejuízo para o torcedor. Uma coisa é se deslocar no domingo; outra é se deslocar em um dia de trabalho e de trânsito", acrescentou.

Adversário na semifinal, o Corinthians também mostrou descontentamento com o calendário, apontando que a reclamação santista é justa em função dos transtornos que a decisão causará o torcedor do clube. "Se fosse o Corinthians o mandante do segundo jogo, isso também não me agradaria. Talvez na segunda-feira seja mais difícil de ter mais público e de o torcedor chegar ao estádio, mas isso é por causa desse calendário que está aí", disse o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

FAVORITISMO DOS RIVAIS

O dirigente corintiano, com certa dose de ironia, afirmou também que o Santos é favorito a avançar à decisão no mata-mata com a equipe corintiana e ainda apontou o Palmeiras como "favoritaço" a conquistar o título estadual. "O Santos é o favorito na nossa semifinal. Tem treinador argentino de Copa do Mundo. É o Santos", afirmou o dirigente, que lembrou até da experiência muito maior de Sampaoli como treinador, em relação a Carille, para justificar a sua opinião.

"O futebol argentino está na nossa frente, tecnicamente e taticamente. Temos de aceitar. Ele (Sampaoli) é um grande treinador, vai fazer nosso futebol melhorar. Carille ainda não está (nesse nível), mas vai chegar. Ele tem só três anos como treinador profissional", reforçou Andrés, que ao mesmo tempo enfatizou que "no mata-mata o Corinthians cresce".

Já ao comentar sobre o time comandado por Luiz Felipe Scolari, o mandatário corintiano apontou o mesmo como dono das melhores condições para faturar o Paulistão. "(O favorito) Sempre é o Palmeiras, todo mundo sabe, por tudo o que tem. Vocês (jornalistas) já sabem essa resposta e então por que me perguntam? É o Palmeiras, que é o favoritaço", disse.

RAÍ VÊ EVOLUÇÃO

Entre os quatro semifinalistas do Paulistão, o São Paulo é o único time que conseguiu vencer as duas partidas que fez nas quartas de final. Derrotou o Ituano por 2 a 1 na ida, no estádio do Morumbi, e bateu novamente o time de Itu na volta por 1 a 0, na última quarta-feira. Presente no Conselho Técnico desta quinta na FPF, o diretor de futebol Raí fez questão de elogiar o desempenho tricolor.

"A evolução é nítida. O time estava leve, à vontade. Sabemos que temos um caminho longo pela frente. Estamos otimistas pelas atuações. Pela maneira como conseguiu as vitórias. O time evoluiu. É um time leve, mostrou que vai dar trabalho, que vai ter chance", disse o ex-jogador, que destacou a mescla de jogadores jovens com outros experientes para o São Paulo se dar bem nesta reta final do Paulistão.

"Vale a pena valorizar a meninada. Mas a mescla com jogadores como Hudson, que foi bem na lateral-direita, é importante. A meninada encanta! Só que a mistura é importante", comentou o diretor, que, no entanto, afirmou que a intenção não é negociar os jogadores neste momento. "A ideia é não vender. Sabemos como é o mercado, quando os garotos começam a se destacar (surge o interesse de equipes estrangeiras), mas o planejamento é de manter a base", ressaltou.

Contra o Palmeiras, que tem neste momento a melhor campanha do Estadual, Raí admite que o São Paulo não é favorito. "É cedo falar em título, em final, a gente fica feliz com as duas vitórias. Mas pelo começo que tivemos, o São Paulo não é o favorito", reconheceu o ex-camisa 10 são-paulino.

Gazeta SP

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Endereço
Rua Tuim – 101 A
Moema - São Paulo - SP - CEP 04514-100.
Fone: (11) 3729-6600

Contatos
Redação - [email protected]
Comercial - [email protected]

Diretor Presidente
Sergio Souza

Diretor Executivo
Daniel Villaça Souza

Diretor Comercial
Roberto Santos

Diretor de Negócios
Paulo Villaça Souza

Jornalista Responsável
Nely Rossany

Editorias
Brasil / Mundo / Estado / Capital / Grande São Paulo / Litoral / Vale do Ribeira / Serviços / Previdência / Variedades / Casa & Decoração / Turismo / Cinema

Colunistas
Pedro Nastri /
Nilson Regalado / Nilto Tatto/ Nilson Regalado/ Marcel Machado