últimas notícias

Cruzeiro é o segundo clube do Brasil a atingir marca de 300 gols na Libertadores

Bicampeão da Libertadores, o clube é um dos brasileiros que mais tem participações no torneio, e foi apenas o segundo do país a alcançar a marca goleadora Por Folhapress

Na vitória por 1 a 0 contra o Emelec, o Cruzeiro alcançou a marca de 300 gols na história da Libertadores. Campeão nas edições de 1976 e 1997, o clube é um dos brasileiros que mais tem participações no torneio, e foi apenas o segundo do país a alcançar a marca goleadora. Quem lidera nesse quesito é o Palmeiras.

Em 17 participações no torneio continental, o Cruzeiro já saiu vitorioso em 93 vezes, empatando 30 e sendo derrotado em 36 ocasiões. Os 300 gols marcados não são superiores aos 314 já feitos pelo Palmeiras, que participou da Libertadores por 19 vezes. Na noite desta quarta-feira (3), Rodriguinho foi o responsável por bater a marca histórica da Raposa. O gol diante do Emelec foi mais uma prova do ótimo início de ano do meia, que marcou em todas as três partidas do time até aqui no torneio.

"Fico feliz que meu recomeço no Brasil esteja tão bom assim. Agradeço aos meus companheiros, à comissão técnica e à diretoria que me deixaram em casa e que estão me ajudando muito para que eu possa desempenhar meu papel da melhor forma possível. Fico muito feliz de estar ajudando em campo", comentou o meia.

Nesses 300 gols marcados pelo Cruzeiro na Libertadores, o campeão de 1976, Palhinha, é quem lidera a lista de artilheiros, com 20 gols marcados. Thiago Ribeiro sustenta a segunda colocação, com 13, seguido por Jairzinho, com 12. Na atual equipe, Rodriguinho é o goleador com três gols. Fred, centroavante titular e referência dentro da área, ainda não balançou as redes pelo time na competição, seja em sua primeira passagem, em 2004 e 2005, ou em seu retorno ao clube, no ano passado.

Tops da Gazeta