X

Esportes

Em sua segunda partida pela Libertadores, São Paulo vence Cobresal

Gols foram marcados por André Silva e Calleri já no fim

EDER TRASKINI - Folhapress

Publicado em 10/04/2024 às 23:38

Atualizado em 10/04/2024 às 23:50

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Com o resultado, o São Paulo chegou a três pontos no grupo B da competição / Rubens Chiri e Paulo Pinto/São Paulo FC

Na noite desta quarta-feira (10), o São Paulo venceu o Cobresal (CHI) por 2 a 0, em sua segunda rodada da fase de grupos na Copa Libertadores, em partida disputada no Morumbis.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Os gols foram marcados por André Silva e Calleri já no fim. O Tricolor demorou mais de 80 minutos para conseguir superar o goleiro Requena, em noite inspirada.

O Tricolor dominou o jogo durante os 90 minutos, mas demorou a conseguir abrir o placar. O time teve várias chances, mas esbarrou em boa atuação do goleiro Requena.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


A vitória alivia um pouco a pressão sobre o técnico Thiago Carpini. A temperatura havia subido contra o treinador após a derrota para o Talleres (ARG).

Com o resultado, o São Paulo chegou a três pontos no grupo B da competição. Talleres e Barcelona de Guayaquil completam a rodada jogando no Equador.

O Tricolor volta a campo neste sábado (13), às 21h, quando recebe o Fortaleza pela primeira rodada do Brasileirão, no MorumBIS. A próxima rodada da Libertadores ficou para o fim do mês, no dia 25, quando o Tricolor visita o Barcelona (EQU).

Carpini entrou em campo com mudança no esquema tático, montando a equipe no 3-5-2. A novidade era Michel Araujo na ala esquerda, muito pelas lesões dos três pontas que mais atuaram na temporada: Lucas, Wellington Rato e Ferreira. Com o desenho, Luciano e Calleri atuaram como dupla de ataque e James solto como um camisa 10.

Antes do jogo, as torcidas organizadas do São Paulo gritaram o nome do treinador, mas o estádio respondeu de forma tímida e, logo depois, iniciou um grito de "ole ole ole, Telê, Telê".

O Tricolor se comportou bem em campo e dominou a partida durante os 90 minutos. O time de Carpini criou diversas chances de gol desde os minutos iniciais, mas demorou a conseguir vencer o goleiro Requena. A bola só foi entrar quando Michel Araujo dividiu com o goleiro e a bola sobrou para André Silva marcar.

O gol abriu caminho para que a vitória se consolidasse minutos depois e em falha do próprio Requena. Calleri cabeceou sozinho dentro da pequena área, o goleiro 'bateu roupa' e o camisa 9 mandou para as redes no rebote.

O Cobresal teve somente duas chances já perto dos 30 minutos do segundo tempo, quando o placar ainda mostrava 0 a 0. Rafael salvou o Tricolor duas vezes seguidas. Neste momento, a torcida teve um pico de impaciência nas arquibancadas e ensaiou gritos contra o técnico Thiago Carpini.

LANCES IMPORTANTES

Quase! James pegou a bola pela esquerda do ataque e cruzou para Calleri na segunda trave. O camisa 9 cabeceou para boa defesa de Requena.

Por cima! Logo na sequência, Luciano recebeu de Calleri após troca de passes entre o centroavante e James. O camisa 10 trouxe para perna esquerda e soltou a bomba de fora da área, levando muito perigo ao gol chileno.

Defendeu! Com apenas 11 minutos, o São Paulo chegou pela terceira vez. Jogada pela direita, Igor Vinicíus foi ao fundo e cruzou rasteiro para James sozinho na meia-lua. O colombiano bateu de direita e Requena fez a defesa em escanteio.

Perdeu! James cobrou falta na área, Diego Costa desviou pro meio e a bola sobrou para Luciano. Na pequena área, o camisa 10 girou batendo e mandou por cima do gol.

Na trave! Igor Vinícius cruzou de esquerda, Arboleda pegou na segunda trave e jogou mais uma bola para o meio da área. Calleri chegou batendo do bico da pequena área e a bola explodiu na trave.

Anulado! Calleri acionou Luciano e o camisa 10 bateu na saída de Requena para marcar, mas o assistente levantou a bandeira anulando a jogada por impedimento de Calleri. O VAR revisou o lance e confirmou a decisão de campo.

Pra fora! O São Paulo chegou pela direita, a bola desviou na zaga e Calleri ajeitou para Michel Araujo. O uruguaio bateu da entrada da área e bola passou muito perto do gol.

Rafael espetacular! O goleiro do São Paulo foi exigido pela primeira vez perto dos 30 minutos do segundo tempo, mas precisou salvar o Tricolor duas vezes seguidas. Primeiro na cabeçada de Coelho, depois no chute de Mesías.

No travessão! O São Paulo seguiu pressionando e em perde e ganha na intermediária ofensiva a bola ficou com Michel Araujo, que soltou a bomba e acertou o travessão de Requena.

1x0. James levantou bola na área, Calleri cabeceou para o meio, Michel Araujo chegou dividindo com o goleiro Requena na pequena área e bola sobrou de lado para André Silva cutucar para gol e abrir o placar.

2x0. Minutos depois do primeiro, veio o segundo: Erick cruzou, Calleri cabeceou sozinho e contou com ajuda do goleiro Requena, até então herói do jogo, para completar para as redes no rebote.

Estádio: MorumBIS, em São Paulo (SP)
Árbitro: Carlos Ortega (COL)
Assistentes: Jhon Gallego (COL) e Richard Ortiz (COL)

VAR: Yadir Acuña (COL)
Amarelos: Bechtholdt, Valencia, Munder, Navarro e Julio Castro; Luciano, Carpini, Galoppo e Pablo Maia
Gol: André Silva, aos 37min do 2º tempo; e e Calleri, aos 43min do 2º tempo

SÃO PAULO

Rafael; Ferraresi, Arboleda e Diego Costa; Igor Vinícius (Erick), Pablo Maia (Galoppo), Alisson, James Rodríguez (Nestor) e Michel Araujo (William Gomes); Luciano (André Silva) e Calleri. T.: Thiago Carpini

COBRESAL

Requena; Benchtholdt, Alarcón, Sandoval e Pacheco; Mesías, Navarro e Munder; García, Valencia (Lezcano) e Castro (Diego Coelho). T.: Gustavo Huerta

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Reforma no interior

Prefeitura de Nova Europa abre licitação de R$ 360 mil para reforma de escola municipal

Início de recebimento das propostas será a partir do dia 18 de junho e da disputa de preço será dia 2 de julho

PROPAGANDA ANTECIPADA

Pré-candidata do Novo critica valor de multas a Lula e Boulos

TRE-SP condenou Lula a pagar R$ 20 mil por propaganda antecipada, enquanto Boulos foi multado em R$ 15 mil

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter